No swing com papai e mamãe: Final

Um conto erótico de Th!
Categoria: Grupal
Data: 25/03/2020 07:37:26
Nota 9.00

No swing com papai e mamãe: Final

Minha mãe estava coberta de porra e passou pelas duas pra poder ir pro banheiro se limpar, o que chamou a atenção de Dani e Gabi. A gente se acomodava na cama, enquanto Marcos se aproximou de sua esposa, deu um tapa na bunda dela e enquanto dava um gole na bebida dela, perguntou se ela já havia cansado. Dani foi direta e sem responder a pergunta de Marcos, disse em tom de surpresa: - O QUE VOCÊS FIZERAM COM ELA? Marcos sorrindo, não respondeu e quis saber o motivo das duas terem demorado tanto. Gabi explicou que as duas tinham colocado mais algumas bebidas no freezer, guardado a comida que havíamos deixado do lado de fora e sorrindo, continuou: - VOCÊS DERAM UM BANHO DE PORRA NA MINHA TIA? Sorrimos também e meu pai se justificando, disse que ela que havia pedido e se lembrou de uma festa onde fizeram isso com a esposa de um casal amigo deles. O nome é bukkake e era mais comum nas festas de swing que eles frequentavam do que eu imaginava. Na verdade, eu nem sabia que tinha nome pro que tínhamos acabado de fazer com minha mãe. Sentei no sofá com Dani ao meu lado, enquanto Gabi se ajeitava entre Mateus e Marcos na cama. Meu pai, que estava sentado na beira da cama, começou a contar como ele, um solteiro e mais quatro maridos realizaram a fantasia da esposa de um dos casais que estava na festinha. Ela queria ficar coberta de porra e eles providenciaram isso. Minha mãe já havia voltado do banho e de pé ao meu lado, também ouvia a história, disse se lembrar desse dia e nos contou alguns casos semelhantes. Como eu disse anteriormente, eles eram bem experientes no swing e tinham muitas aventuras do mundo liberal pra contar. Foi o que fizeram, contavam o que já tinham aprontado e o que tinham feito, era o sonho de consumo de muitas pessoas, inclusive os meus. Pude realizar minhas fantasias em família, mas ouvir meus pais e meus tios falando sobre as festas e sobre o que aprontavam sempre, me deixava com uma vontade muito grande de poder participar do meio liberal e agora, eu estava ali, com aquelas gostosas a disposição e finalmente participando de um encontro liberal, onde a amizade e cumplicidade imperavam.

As histórias continuaram até nossas pirocas estarem duras outra vez. Gabi era abusada por Marcos e Mateus que já estavam prontos pra começar a bagunça de novo. O primeiro deu o pau pra nossa ninfeta chupar, enquanto o outro, passou a chupar a bucetinha dela. Minha mãe se ajoelhou na minha frente e passou a mamar meu pau enquanto Dani alisava minhas bolas e me beijava. Ficamos daquele jeito até meu pai se juntar a nós e cair de boca na buceta de Dani, o que fez nossa amiga gemer e se contorcer até gozar. Gozou e quis retribuir, passando a chupar meu pai que se sentou ao meu lado pra receber o agrado. Minha mãe e Dani nos chupavam com seus rabos empinados, o que nos dava uma visão privilegiada. Aproveitei o boquete mais um pouquinho e então passei a penetrar minha mãe, que sem mudar de posição, se juntou a Dani pra chupar meu pai. Ela estava ajoelhada no chão e eu segurava na cintura dela e a comia bem devagar, aproveitando cada pedacinho daquela buceta molhada. Soquei nela um pouco e dei um passo pro lado, ficando atrás de Dani. Pincelei meu membro na entrada da bucetinha de nossa amiga e a penetrei. Dani estava bem molhada e me recebeu com uma rebolada. Soquei um pouco nela e passei a me alternar entre as duas, que não pararam de chupar meu pai. Troquei de buceta umas três vezes e quando estava mais uma vez socando em minha mãe, ela se manifestou: - SÓ EU QUE COMETO INCESTO NESSA PORRA? Todos rimos e Dani se defendeu: - CALMA, TÔ ME PREPARANDO PSICOLOGICAMENTE! Minha mãe ironizou: - JÁ MAMOU, BEBEU PORRA E DEU PRA TODO MUNDO, SOLTA LOGO ESSA BUCETA PRA ELE DE UMA VEZ! Dani respirou fundo e se levantou, indo pra cama onde estavam Marcos, Mateus e Gabi, que sentiu que aquele era o momento deles, e veio pro sofá ficar conosco. Saí de minha mãe e me sentei no sofá com ela se acomodando em meu colo. Minha prima fez da mesma forma com meu pai, que do jeito que estava, continuou e passamos a observar nossos amigos.

Mateus estava deitado de barriga pra cima e teve seu pau abocanhado por sua mãe, que o chupava com o rabo empinado em nossa direção. Marcos por sua vez, se punhetava e observava sua esposa mamando seu filho. Dani se deliciava com aquela piroca dura e preta, arrancando gemidos de Mateus. Chupou por um bom tempo e finalmente iria sentar nele, que permaneceu do jeito que estava. Dani foi se ajeitando, até que o pau de seu próprio filho estivesse completamente dentro dela e, passando a rebolar em seguida, se dirigiu à seu marido: - OLHA ONDE SUA PUTA TÁ SENTADA! TÁ GOSTANDO? ELE TÁ FUDENDO A MAMÃE, AMOR! Marcos parecendo não se conter, ficou de pé na cama e ofereceu seu pau pra que sua esposa chupasse e Dani sem perder tempo, abocanhou o pau de Marcos, passando a rebolar com mais força na rola de Mateus, que gemia sem parar.

A cena era deslumbrante! Dani tinha um corpo escultural e dava conta dos dois negros que amava e eles, se deliciavam com aquela vadia sem pudor, que rebolava no pau de seu filho, mamava seu marido e falava barbaridades pros dois, que a fodiam sem dó. Ficamos observando até que meu pai, tomado pelo tesão, colocou minha prima pra mamar. Gabi se ajoelhou e com sua bunda bem arrebitada, passou a chupar meu pai. Minha mãe, que estava sentada em minha coxa, também não perdeu tempo e, escondeu meu pau em sua buceta, sentando de costas pra mim, de frente pra cama onde nossos amigos transavam e passou a rebolar bem devagar, gemendo bem baixinho. Ao nosso lado, meu pai, abusava de Gabi: - MAMA MINHA PUTINHA GOSTOSA, ENGOLE ESSA PIROCA! Os dizeres de meu pai chamaram a atenção de Marcos, que passou a observar minha prima e em pouco tempo já estava grudado atrás dela, empurrando com força e fazendo Gabi gemer sem parar. Os gemidos de Gabi chamaram a atenção de Dani, que se levantou e trazendo seu filho consigo, se ajoelhou na frente de minha mãe e passou a chupar sua buceta e meu pau por tabela, o que fez minha mãe amolecer em meu colo. Mateus continuou comendo sua mãe naquela posição, enquanto Marcos e meu pai judiavam de Gabi. Ficamos daquele jeito por um tempo, até minha mãe pedir pra trocar com Dani, que se sentou em mim, dando lugar pra minha mãe levar pau de Mateus enquanto nos chupava. Dani estava entregue em meu colo, rebolando e gemendo sem parar e eu me aproveitava bem dela. Com uma mão alisava seus seios e com a outra, apertava todo seu corpo que não parou de rebolar em meu colo até anunciar: - TÔ GOZANDO! Falou isso sem parar de rebolar e com a chupada de minha mãe em minhas bolas, não resisti. Também anunciei meu gozo e ela me incentivou: - GOZA VAI! ENCHE ESSA PUTA DE LEITE! Foi o que fiz. Gozei dentro de Dani, com minha mãe sem parar de nos chupar até que estivéssemos completamente limpos. Nos levantamos e demos lugar pra que minha mãe ficasse na mesma posição em que eu estava com Dani, e nossa amiga por sua vez, tomou o lugar de minha mãe e passou a chupar a buceta dela juntamente com o pau de seu filho, o que fazia minha mãe delirar. Saí do quarto para buscar água e quando voltei, ainda pude ficar observando o finalzinho daquela foda espetacular. Mateus continuava sentado, só que agora minha mãe estava de frente pra ele ainda rebolando em seu colo. Dani estava de quatro na cama sendo comida por meu pai, enquanto Gabi, também levava vara de Marcos. Mais uma vez os gemidos tomaram conta do quarto e as gozadas não demoraram a acontecer. Marcos foi o primeiro, encheu minha prima de porra socando fundo nela, que levantou dizendo estar com as pernas bambas. Em seguida foi a vez de Mateus, que à pedido da minha mãe, tomou o lugar do meu pai e gozou fundo na buceta de sua mãe, que além de dar a buceta pra Mateus, também chupava meu pai, que não demorou muito pra gozar na boca de Dani. Finalmente todos estavam satisfeitos e eu estava realizado! Na verdade era um sentimento de satisfação, misturado com agradecimento e dever cumprido. Ver aquelas gostosas se limpando e todos sorrindo, num clima de cumplicidade e amizade, era tudo que eu podia querer.

Já era de tardinha quando saímos do quarto e fomos todos pra piscina. A naturalidade com que nossos pais tratavam o swing, era contagiante e nos deixava bem à vontade pra falar sobre o acontecido e como seria dali em diante. Enquanto meu pai e Marcos serviam mais uma rodada de bebidas e churrasco, Dani quis saber como era nossa rotina sexual. Minha mãe chegando perto de mim e me dando um beijo na cabeça, disse que comigo era mais putaria mesmo. Que era como se a gente fosse um casal de amantes, sem muito sentimentalismo. Dani insistiu querendo detalhes e minha mãe foi enfática: - AH DANI, A GENTE FODE UÉ! TEM DIAS QUE QUERO DUAS PIROCAS JUNTAS, TEM DIAS QUE QUERO UM NOVINHO, EM OUTROS QUERO UM VELHINHO. Meu pai fez uma cara esquisita, o que fez todos rirem e minha mãe continuou: - TEM DIAS QUE ELES QUEREM DIVIDIR A PUTA AQUI, TEM DIAS QUE ELES ESTÃO EGOÍSTAS E TEM DIAS QUE NINGUÉM QUER NADA. NOS RESOLVEMOS CONVERSANDO E ISSO TEM DADO MUITO CERTO PRA NÓS E PRA NOSSA FAMÍLIA. Dani se virou pra Mateus e disse: - VAMOS TER QUE COLOCAR UMAS REGRINHAS E ESTABELECER ALGUNS LIMITES. Mateus ouvindo aquilo, se aproximou de sua mãe e após dar-lhe um beijinho no rosto disse: - RELAXA MÃE, NÃO SOU NENHUM TARADO! Marcos deixou as coisas na bancada da área de churrasqueira, se sentou na borda da piscina e deu razão à sua esposa, mas minimizou: - TUDO É O INÍCIO, AOS POUCOS A GENTE VAI ACERTANDO AS COISAS E VENDO COMO VAI FUNCIONAR. O QUE IMPORTA É QUE GOSTAMOS DA EXPERIÊNCIA E QUEREMOS ESSE ESTILO DE VIDA PRA GENTE. Dani concordou e meu pai sorrindo disse: - EU SABIA QUE VOCÊS IRIAM GOSTAR! Continuamos nosso papo por mais um bom tempo, até meu pai querer iniciar nossa brincadeira de novo: - TÔ DE PAU DURO DE NOVO, QUERO UM CUZINHO!

Meu pai foi “atendido” por Gabi, que ficou de quatro em uma das espreguiçadeiras e recebeu meu pai em seu rabo. Ela correu de dar sua bunda pra Marcos e Mateus por causa do tamanho de seus membros, mas minha mãe não escapou. Ela gemia e gozava de prazer na pica de pai e filho, que faziam uma dupla penetração nela, em uma canga de praia que foi forrada na beira da piscina. Mateus ficou por baixo, com minha mãe sentada sobre ele com sua buceta, enquanto Marcos arrombava seu cuzinho, sem que ela reclamasse. “Sobrei” pra Dani, que mais uma vez me fazia delirar com toda a sua experiência. Ela me deu aquele rabo grande e com marquinha, de todas as formas. Ficou de quatro, sentou, rebolou, ficou de ladinho e de bruços. Aproveitei cada momento e gozei no fundo daquele rabo maravilhoso. Em pouco tempo todos gozaram e após mais uma rodada de bebidas e muito papo, eles se despediram, prontos pra iniciar uma nova fase na vida liberal deles.


Este conto recebeu 27 estrelas.
Incentive th! a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
29/03/2020 16:20:16
Perfeitoooo
26/03/2020 06:17:11
Eu também quero gozar
25/03/2020 11:24:56
Espetáculo! Tomara que não demore a ter uma continuação.
25/03/2020 09:53:09
Amei devia continuar com conto e novas história seria maravilhoso

Online porn video at mobile phone


metemulhe com homenvidio de sexo munhe da ocu sem camisinha que senti a porra espiralpornodoido comendo aminha madrasta emcanto eladormirx videos gostoza com chicotin na maoCoroas d chortinhos curtinhos tatarada"gozou na testa do meu corno"Meu marido viaja e meu sobrinho me fodecontos eroticos de enconxadas em coroas gostosas em local publicoxvideo pai comedo subria biba pequena novinhaeu quisesse eu comprava cunhadoxvideo porno gay guarda chama prisoneiro pra tocar punheta até gozContos eroticos de sogras coroas bem rabudasexvidio irmao com irmanlesbica fode a outra com dildo entroduzido na buceta e sentada na cadeirasvideo de sexo ardente enxamas boa fodaassistir videos oline gratis mendigo chupando a buceta da mendigaitaliano porno escurinho do cinemajapinha com carinha de anjo perdendo o cabacomae e tia na piscina contoszoofiliaengatounovinho de curitiba gosando na cara no xisvidiopassei o dia usando calcinha fio dental confissões erótica xvideo.com minha mã se abaixo vi fundinho dela deu tezão e eu empurrei rola nalaDepois que fui p macumba virei lesbica contosencoxada na reiuniao pulitica lotada xvideocontos eroticos vizinha com o cao fiz chantagemloira.bunduda.vestido.coladofazendo.amorwattpad contos incesto fui estrupada pelo padrastoamor arruma um garoto da picona pra fuder sua mulherzinhax vidio porno de mae cordinha.com seu filho so de causinhaxvideo estrupo no vadraceiropornodoido ninfetas pornodoido entrada c SR DE BGODEquero ver moças de 18 anos de baby doll bem curtinho dentro de casa em movimentomulher casada dzno a bucet para dois pedeirofaz sua namorada ir ao ceu so com q sua linqua pornodoidoo desejo pela amiga da academia contos eróticosquero ver 100 foto de morena cavala e coroa deitada na cama pelada com as perna aberta e segurando ho calcanharfotos de caralhos descomunalmagrinha na dupla penetração vaginal com dois ficam pretosoi pego a se mastrubando e foi obrigada a fudir a madrasta xxxvidioeu, minha namorada, minha namorada e meu tioo piralho me brechou e depois me fudeu contos de incestovem com a b***** sarrando no meu paletóacodou. marido. batendo. bonheita. pra. ele. ai. tranza. .com. ele.corno e engulidor de rola contocontos eroticos vesti uma mini saia para meu sogroporno hem coxadas de. saiacontos eroticos minha noiva cavala quer transar com tres machos picudosmae ttansando com filho i a irma vendomotorista olha do retrovisor do onibus coroa pagando calcinhaemfregando a bçeta no buzu e metou pornoporno minha mulher me tranformou bixvideofamiliasacanaDesabafo real de uma mae contos ero cap,IXassistir vídeo pornô pega mulher à força por trás tampa a boca no balcãoautor,Vamp19-Contos Eróticosvendeos Ian pega sogra nua no quartoconto ero meu tio virou donoanordestina nao gostou porque gozou dentroxoxota XVídeos tio comprinhasXVídeos a mulher fica pelada dentro da casa e o cálice piaele foi-me ao cusexo de concuinha lourasnegao rasgando com o cu da brasileira ela chorando e critando bedindo papa papaConto erótic com meninas de 12 com dog foi mal apertarou aqui sem queremprego decente conto eroticoxisvideo gai meutiu gayvinha perdendo a virgindadevideocurtomagrinha e roludowwwxvidio.com depiladora preseitox pornogarota de minissaia no carro mostra as coxa pro irmao