O Novinho viciou na minha bucetinha

Um conto erótico de Morena.casada
Categoria: Heterossexual
Data: 25/03/2020 00:21:41
Nota 10.00

Ola meus amores, como vão ? Hoje vou continuar contando o que aconteceu entre Hugo e eu, quem não acompanhou a história, sugiro entrar na minha lista de contos e ir no último que eu escrevi, para poder entender mais o que aconteceu "Dei para o garoto do "primeiro emprego".

Depois daquele dia que transamos no meu escritório, Hugo não me dava mais paz, apesar dele realmente ser bem discreto na frente dos outros, continuamos conversando somente o necessário, quando estava só nós, ele não conseguia se conter.

Não me agarrava nem nada, talvez pelo respeito em ser sua chefe, mas me falava todo dia que estava doido para me pegar de novo, ele não me tocava, mas me provocava muito com palavras, do tipo que, tá doido pra me pegar em uma cama, que se eu gozei com ele em cima da mesa na cama ele iria acabar comigo, que ele iria passar hora me comendo, mandava eu olhar pra calça dele e ver como ele estava explodindo de tesão, falava essas coisas.

Perguntei ele como iria entrar no motel, ele disse que isso não era problemas, que ele dava um jeito na identidade, mas eu fiquei com medo, imagina se descobrem lá e chamam a polícia pra mim rsrs, eu não me sentia segura com isso, se fosse no carro seria mais uma transa rápida e ele não poderia cumprir o que prometia, e eu espero que não seja apenas promessas.

Passou mais uns dias com ele me provocando muito e insistindo, e eu também provocando com meus vestidos e saias, um dia ele tomou coragem e me deu uma bela encoxada no estoque, me juntou toda e me apertou todinha os seios e a coxa, eu fiquei bambinha com aquilo, até porque Gabriel estava tendo um problema com sua ex esposa e seus filhos e a gente não transava a alguns dias já.

Quase pedi pra ele me comer ali mesmo, mas e o medo de alguém entrar e pegar nós dois, eu tenho uma imagem a zelar, deixei ele me juntar, rebolei gostoso no pau dele, apertei sua mãos que estava no meu peito, e virei a cabeça para sentir sua língua de novo na minha boca, mas isso não durou um minuto, o que me deixou aínda mais excitada e pegando fogo.

Alguns dias depois quando eu voltei a loja ele chegou todo animado, percebi sua animação durante o dia todo, mas não tivemos uma oportunidade para conversar, a tarde na hora do café eu saí no horário dele, ele sempre tomava na lanchonete de sempre, no caminho perguntei ele o porquê da animação, ele me falou que no final de semana teríamos a nossa chance de ficar juntos, perguntei como, ele me disse que domingo sua família iria para o clube e a casa ficaria livre pra gente.

Eu perguntei, mas como eu vou na sua casa ? Ele falou que me esperava na entrada do morro e a gente iria juntos, na hora eu não concordei, achei muito arriscado, ainda mais no domingo, com todo mundo em casa, as casas são coladas, os vizinhos iriam me ver chegando, não ia pegar bem pra mim.

Mas essa ideia começou a me dar um tesão danado, nunca subi assim o morro, dar pra um novinho na casa dele, correndo o risco de alguém pegar a gente, a cabeça pensava uma coisa, mas minha bucetinha ficava molhadinha com essa idéia, eu não poderia ir de carro porque não teria onde deixar e seria perigoso deixar na rua, isso ele me disse em uma quarta, eu voltaria na loja no sábado e teria que dar a resposta pra ele.

Eu passei o resto da semana pensando nisso, no sábado eu sinceramente não sabia o que falar com ele, cheguei na loja um pouco mais tarde para ter tempo de pensar, evitei ao máximo ficar no escritório ou no estoque, pra ele não me perguntar nada, eu queria muito, estava morrendo de tesão, mas tinha medo de alguém ver e depois sobrar pra mim.

Mas teve uma hora que não teve jeito, tive que ir no escritório, ele acabou indo atrás de mim quando eu já estava voltando, parou e me perguntou, e aí tá de pé amanhã minha linda ? Eu não sei o que me deu na hora eu que não pensei duas vezes e respondi que sim, acho que o tesão falava bem mais do que tudo.

Ele me falou, me espera assim que a loja fechar que eu te explico onde é pra você me esperar, fizemos o mesmo esquema, falei com a gerente que iria ficar porque tinha que organizar os pedidos, abaixamos as portas e ela saiu, Hugo também já tinha ido, esperou um pouco e voltou pra conversar.

Ele entrou e veio no meu escritório, antes de falar qualquer coisa ele veio até minha cadeira e me beijou, foi uma delícia de beijo, deu para perceber a vontade que ele estava de mim apenas pelo beijo, conseguiu me deixar com tesão apenas com o beijo, e eu amei.

Depois ele me disse que o pessoal sairia cedo, que eu poderia chegar lá às 10 que era melhor, que não estaria tão cheio ainda por lá, para eu ir de táxi, falei que tudo bem, que faria isso mesmo, descemos as escadas para ir embora, quando chegamos na porta, ele fez a mesma coisa de mais cedo, me agarrou por trás e me encoxou bem gostoso, eu fiz a mesma coisa e rebolei bem gostoso no pau dele, ele me segurou pela cintura, bem forte, foi passando as mãos na minha coxa, levantando meu vestido, até chegar na minha calcinha, enfiou a mão dentro da minha calcinha e começou a esfregar minha bucetinha, eu contorcia de tesão com o dedinho dele passando no meu grelinho, eu colocava a mão pra trás segurando sua cabeça, que beijava meu pescoço com vontade, ele foi e enfiou um dedinho dentro da minha buceta, enfiou todo dentro, primeiro um e depois dois dedinhos, eu já estava ficando doida pra ele me possuir, quando ele para e fala no meu ouvido, agora só amanhã, quero você doidinha pra dar pra mim amanhã, e foi abrir a porta pra ir embora.

Eu fiquei louca de tesão esse dia, a noite no banho aproveitei que fui me depilar e dessa vez foi eu quem me toquei pensando nele, mas só isso não me alivia, ele falou e realmente estava certo, eu fiquei doidinha pra dar pra ele com isso que ele fez, apesar de novo, o safado já sabia muito bem como provocar uma mulher.

No sábado a tarde eu tinha deixado meus filhos com a minha irmã, eles sempre iam pra lá ou meus sobrinhos vinham para a minha casa no final de semana

No domingo de manhã eu acordei bem cedo, tomei um banho e passei meus hidratantes para ir bem cheirosa, coloquei um conjunto de rendinha branco que eu tinha comprado, eu falei com meu marido que eu ia sair com uma amiga, nesse momento ele nem se importava mais para onde eu ia, eu falava que ia sair e ele concordava, eu não sei se nesse momento ele também já tinha outra pessoa, mas o nosso casamento já estava bem frio, estávamos bem distante um do outro.

Eu saí de carro pra ele não desconfiar, deixei meu carro em estacionamento no centro, e peguei um táxi.

Fiz exatamente que ele me falou, pedi o táxista para me deixar uns dois quarteirões antes da entrada do morro, e ele já me esperava lá com aquele sorriso lindo.

Nós cumprimentamos com beijo no rosto, até porque eu estávamos na rua e alguém poderia ver, nesse horário até que tinha gente, mas como ele havia falado, não tinha muitas pessoas.

Ele foi indo na frente eu fui atrás o seguindo, ele disse que morava mais da metade do morro, então eu fui andando no meio dos becos, vez ou outra a gente encontra alguém, ficavam me encarando até porque dava para perceber que eu não era de lá, pela roupa que usava pelo meu jeito, sem querer ser preconceituosa.

Por onde a gente passava ele cumprimentava as pessoas, até porque ele cresceu ali e conhecia todo mundo, até que nós chegamos em sua casa, era uma casa bem humilde, mas apesar disso era bem arrumadinha, tudo novinha e ajeitadinho, tinha o quarto da mãe, o quarto dele que dormia com mais dois irmãos, e mais um outro quartinho pequeno de mais duas irmãs.

Mas ele me falou que queria ir para o quarto da mãe, eu achei perigoso, mesmo ela não estando em casa, poderia sentir um cheiro diferente quando fosse dormir, nunca se sabe, mas ele insistiu.

Ele fez o que mais gosta de fazer, foi chegando por trás e me encoxando, beijando meu pescoço, minha nuca, enquanto alisava minhas coxas e esfregava seu pau no meio da minha bunda, eu adoro sentir assim atrás de mim, rebolei bem devagarinho e forcei pra trás, ele foi subindo as mãos e apertou bem forte meus seios, adoro homem com pegada, que me pega forte, que me domina, isso me deixa louca.

Falei pra ele ter cuidado e não marcar meus pescoço, mas o menino estava muito safado, me jogou na cama e veio pra cima de mim, quase me engolia de tanto chupar meu corpo, com uma vontade que eu nunca vi, mamou muito meus seios apertando forte minhas pernas, ele me abriu toda e ficou encaixadinho em mim, foi rebolando passando seu pau em mim, nesse momento ele já estava só de cueca, sua cueca tinha aquele molhadinho de tesão na pontinha do seu pau.

Eu decidi tomar as redias da situação pelo menos um pouco, virei ele na cama e coloquei ele deitado, fui beijando e mordendo o corpinho dele todinho, ele é magrinho mas bem definidinho, lambi aquela barriguinha dele todinha, fui descendo e arranhando, sua perna, sua barriga, até chegar na sua cueca, estava muito duro, eu mordi seu pau por cima da cueca, fui abaixando devagarinho até ele pular pra fora da cueca no meu rosto, eu não aguentei e peguei com vontade, fui masturbando ele e chupando a cabecinha, ele gemia alto com minha boca, fui contornando a cabecinha com a língua, depois engoli ele todinho, por já ter paticado muito com Gabriel que é uma anaconda, eu conseguia colocar o pau dele todinho na boca, e ele ficava louco quando engolia tudo, ele segurava minha cabeça e metia, eu engasgava um pouco mais não saia, ele avisou que iria gozar, que não aguentava mais segurar, eu tirei ele todo da boca e comecei a masturbar ele chupando a cabecinha, ele gritou alto segurando força minha cabeça e gozou na minha boca, eu não deixei cair nada fora, engoli tudinho, adoro um leitinho quentinho direto da fonte, engulo tudo.

Ele estava com tanto tesão que seu pau continuou meia bomba, eu fui pro seu pescoço segurando ele pelo cabelo e beijei todinho, pra ele continuar no clima, marquei mesmo seu pescoço, ele pode ficar marcado, eu não rsrs.

Ele foi ficando durinho de novo, eu queria sentir ele assim, fui subindo em cima dele, rebolando com ele na entradinha da minha bucetinha, ele foi levantando o quadril pra entrar, me bateu a dúvida se deixava ou não ele colocar sem preservativo, mas eu também não aguentava de tesão, fui descendo e encaixando minha bucetinha que estava encharcada, foi entrando facinho, era tudo que eu queria, um pau durinho todinho na minha buceta, ele gemeu gostoso quando sentiu minha bucetinha quentinha e molhadinha no seu pau.

Eu fui sentando devagarinho, subia até a cabecinha e descia, depois fui aumentando o ritmo, ele apertava meu peito com força, comecei a quicar forte, com toda vontade que eu estava, sentava com tudo, ele gemia alto e eu mais alto ainda, sua casa por ser colada com várias, se tinha alguém em casa, com toda certeza ouvia, mas eu não ligava mais, só queria dar gostoso, só queria sentir seu pau dentro de mim.

Ele começou a apertar meu pescoço, começou a me tratar do jeito que eu gosto de ser tratada na cama, me jogou na cama, abriu minhas pernas e meteu com tudo, apertando meu pescoço, batendo na minha cara, beijando minha boca, me colocou de ladinho e sentou os tapas na minha bunda, me deixando toda marcada, falava no meu ouvido como eu era gostosa, que queria me comer sempre, que iria me encher de leitinho, que puta tem que ganhar leite na bucetinha, eu não aguentei dele falando isso e gozei, gemi alto gozando, ele foi e meteu mais forte ainda enquanto eu estava gozando, eu não aguentei e arranhei ele todinho, cravei as unhas na sua barriga e apertei forte, ele apertou minha bunda e socou ainda mais forte, o meu tesão era tão forte que eu gozei mais uma vez na sequência, comecei a tremer todinha, era incontrolável, não conseguia me segurar, essa sensação de gozar com um pau dentro é boa demais.

Ele me puxou forte e colocou de quatro, eu mau conseguia ficar de quatro, não conseguia firmar as pernas de tão bambas, ele me segurava forte, e começou a socar mais forte ainda, com uma mão ele me segurava pela cintura e a outra batia na minha bunda mais forte ainda, eu gemia muito, começou a puxar meu cabelo com força, adoro uma puxada de cabelo socando na minha buceta, é gostoso demais, nossa.

E ele fez isso com vontade, puxava bem forte mesmo, me segurou pelo ombro forte e puxava pra trás e socava, só de lembrar disso eu fico molhadinha, eu gozava fácil com ele, ele tinha uma pegada gostosa demais, não aguentei e gozei mais uma vez de quatro, nao conseguia me conter e cai na cama, ele não parava de meter, colocou um travesseiro embaixo da minha cintura, e continuou metendo sem parar, eu estava bambinha, não aguentava mais de tesão e o safado com todo fôlego me comendo.

Ele avisou que não aguentava mais, e falou que iria gozar, eu pedi pra ele me encher de leitinho, e o menino me encheu todinha, gozou muito dentro de mim, foi gostoso demais sentir leitinho quentinho dentro da minha buceta, ele correu lá fora e pegou papel pra não deixar cair leite na cama, me limpei.

Mas o dia foi perfeito, nós transamos no banheiro, no quarto dele, na sala, dei muito esse dia, voltei pra casa já a tardinha, com a bucetinha toda vermelhinha, e exausta de tanto transar.

Ele ficou doidinho por mim, na loja nós outros dias aconteceram algumas coisas mas eu conto futuramente.

Espero que tenham gostado amores, comentem aí e votem se gostaram

Comentem.


Este conto recebeu 45 estrelas.
Incentive Morenabh a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
28/03/2020 23:17:16
Muito bom! Que tesao! Somos fãs da suas histórias.. entre em contato conosco, mande fotos. :)
28/03/2020 17:50:07
AMEI!!! Ótimo conto 👏🏿👏🏿👏🏿
28/03/2020 12:07:49
Muito top seu conto. Me manda fotos
25/03/2020 13:11:33
Show
25/03/2020 12:32:43
conto excelente quero fotos
25/03/2020 12:32:13
muito bom quero fotos
25/03/2020 12:30:41
Seus contos são maravilhosos cheio de detalhes uma delícia ler parabéns
25/03/2020 10:09:31
Delicia. Vc e uma verdsdeira puta.
25/03/2020 06:23:22
Conto adorável e excitante.. uma puta de respeito!!! Dozemeia cinco cinco.. irei adorar trocar experiências com vc.
25/03/2020 05:29:09
10
25/03/2020 03:38:21
muito bom quero fotos
25/03/2020 00:29:34
Delícia

Online porn video at mobile phone


sexo anal hAaaaahttp://comendo a conhada virgemnovirha gozanowww.xvideomamei/patrastoLoucoencoxandofilmes com policial corrupto traçando As Neguinha na favelaxvideo nivinha faz sexo ate arder a piriqutinhaxvideo porno irmao abraca a irma quando ela ta lavando aloucacaseiro homem sai e o jardineiro come cu da mulherxvideos com pomba gira brasileiros encorporadascontos eiroticos leilaporngatinha. trepanfo. pau. 50. citimetrudei para uma dúzia de homem eu confesso no mesmo.madames trepanfoexibidasde corno manso em foto com machos na praiasexoevangelicaconto erotico molequinha na escolaeu quero ver mulher excitada sela de cavalo de p*******conto erótico de mendingotia peidorrera peida e deixá sobrinho com a rola duraContos gays o pau do meu coroa parecia uma bengala eu adorava eleasxxxxxcmoconto erotico minha bunda muito cobicada gayEsposa e corno conheceu macho na choperia xvideover videos d incestos baianinha gozano dentro da bucetaconto erotico sou madura vadiaporno do padre fudeno casada comfusaxvideos empresteo minha namoradinha por dinheirojogadoras de volei bonitas dando pornodoidopintudo lasca a priminhagozei dentro da minha gerinhadelexvdiotransou q suou xxvideoszoofilia mulher da esguinchada com lmbidas de cachorroEmcanador tem um pau enorme no xvidioVo comendo o cu da netinha contos eroticos com fotomulhe.michando.eigual.homem.que.tem.um.grelao.que.prece.uma.rola.que.ela.bati.punheta.igual.homem.e.goza.espurrando.porra.fota.pai comeno afilha bricanocontos eroticos fez a irm novinha peidar no seu coloabraçando por trás incesto relatome curraram no baile funkporno doido prima 18 anos escurinha afoorsabandido emvade uma chacara e come a mulher a força emfiando a mao entera na bucetacontos eroticos tive q mostrar meu rabao p bandidosindo embora achei um viado e fui comer seu cuzinhoporno sobrimisaxxx.travesti. bunda. melozaaenchi for anel sexpornominhafiliapornopaumostroContos eroticos pau pequenonovinho punheteiro contos eróticos no quatel 2009quero assistir videos chupando a buceta deliociosamenteo homem comendo a b***** de uma égua bem devagarinho ela peidando e gemendo e chorandoa patricinha e o porteiro 4contos da julia gorda o cacetao duro do douglas sampaio videocontos eróticos meu filho inocentefilhaes econdida olhando a mae trepavedeo de dois homem mostro fazendo sexo com mulher que judia bate fodedocontos eroticos fizeram minha noiva e minha mae de putaa minha comadre é apaixonado pela minha picadoidoporno vrlho fudendo filha gozando dentrocontos eroticos com novinhas atiçadasmulher chupa gostoso com o dente encavalado pornocontos cracudocontos meu filho estrupo,meu cu finju dormisexo anal violento montros comtosxvideo prima soltinho cultoTaquei no cuzinho da irmã negraPrimeira vez q dei o cu vestido de travestFotos homensatrevidos peladosGoroto ele é virgem e pai agara o pau do garoto conto eroticocontos porno scat lesbicoconto gay nerde www.pornodoido com brazileiras fininhas.commtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1contos eróticos comi a mulher do cracudoconto erotico encoxadacalcinha cobrindo so a metade x videocontos eiroticos leilapornconto erotico no tempo da escravidao negrinha o sinhorzinho pegou minha maepornodoido nao vou fazer esto de novo papaizoofila como faze teu. cachorro te lambe sem t machucarloirinha de 18 anos com a b***** raspadinha grelo arrepiadovideos curtos de cunhado fudendo gostoso o cu de cunhada negra brasileiraela pelada nua mostrando a b***** b***** mulher pelada nua senão tabaca vocês vão sair de ser por nós no parágrafoconto erotico minha mae é uma piranhahistorias eroticas vi meu sobrinho bem dotado descabaçando o cu da minha mulherconto eroticos mulher do corno na borrachariacomendo o cuzinho impinado da conhadanovinha.encara.trinta ccentimetro.pornodoidowww.sexo.conto.erotico.meu.padrasto.e.bigdotado.Comi o rabo sujo de bosta do Lukinha contos eróticos gays