Favores Cruéis - Capítulo 2

Um conto erótico de Antonio Novaes
Categoria: Homossexual
Data: 24/03/2020 09:52:55
Nota 10.00

ANTERIORMENTE EM

FAVORES CRUÉIS...

-Vou voltar pro trampo. Sou novo aqui, sabe como é né- disse Joey piscando para mim.

- Vai lá então. Te desejo boa sorte e muito bem vindo a Dumas- falei.

- Obrigado Quinho !!! – falou ele saindo correndo sem me dar chance de responder.

- É isso mesmo que eu escutei ? Quinho ??? De onde ele tirou isso? E que intimidade é essa.

- Falando sozinho primo ?- disse Marcos.

- Pensando... acabei de conhecer um rapaz chamar o Joey.

- Ele é novo!!! É operador de empilhadeira, parece ser gente boa.- disse Marcos

- Até demais !!! – falei.

- Faz o seu tipo?- falou meu primo.

- Claro que não, ele é feio. E você sabe muito bem qual é o meu tipo...- Mas pensando bem, até que o sorriso dele, é bonitinho – falei sussurrando.

- O que disse ???- perguntou Marcos.

- Só achei ele muito abusado, cheio de intimidades, tem alguma coisa nesse homem que me irrita !!!!

- Calma!!!! Não é pra tanto. O jeito dele é assim... Dê uma chance pra ele.

- Tá bom, Madre Teresa.- Mudando de assunto, será que podemos conversar na sua sala , Marcos ?

- Vamos pra lá. – Falou ele.

Capítulo 2

Algumas horas depois ...

- Achei que não fosse vir. – falei , eu estava de camiseta branca e uma bermuda vermelho claro.

- Você praticamente vem me intimando há meses, e não iria deixar você plantado, mais uma vez na porta do cinema. - disse Marcos, que vestia um jeans claro e uma blusa azul de gola v.

- Olha teve um momento de consideração, por mim?

- Você sabe, não é você, sou eu.

- Marcos, eu entendo, mas vamos dar um tempinho nesse assunto, o filme já começou e estamos atrasados.

- Mil desculpas , esse trânsito é horrível.

Assistimos a Vingadores e nos divertimos muito.

- Cara que filme maneiro !!!! Poxa me lembrou da minha infância, eu curtia HQ.- disse Marcos

- Eu lembro, você era o nerd cheio de músculo. (risos)

- Você é ridículo, Micah. Lembra que eu me achava, que era o Capitão América?

- Eu lembro de quando íamos pra roça e você sempre cuidava de mim, era meu defensor, dos meninos que queriam me bater.

- Que mico, eu usava a tampa da panela de escudo (risos). Você era meu bebê, eu tinha que proteger mesmo.

Nessa hora ele me encarou, de uma forma diferente, e por alguns segundos eu vi um lampejo algo diferente, talvez uma tensão sexual, e só tinha um jeito de descobrir.

- É isso, eu vou embora , e obrigado pelo passeio, e pelas lembranças, me fizeram muito bem.- falou ele.

- Ei ,que isso !!! Pra que ir embora agora ? A gente nem jantou!!! Olha a Leila fez lasanha, e eu sei que é seu prato predileto, e não vou aceitar, um não como resposta.- falei segurando o braço forte e peludo dele.

- Marcos, Marcos, terra pra Marcos !!! – falei eu estalando os dedos.

- Desculpe, achei que tivesse visto alguém conhecido. E sim vou jantar na sua casa.

- Ótimo. Vamos ali na loja comprar um vinho pra acompanhar nosso jantar.

____________________________

- Cara essa lasanha tá incrível !!!

- Sabia que você ia gostar. Eu também ajudei a Leila, fiz o molho com todo carinho, pensando em você...

- Você é demais, né !!! Não tinha como você saber se iria vir ou não. Seu cara de pau.

- Seu idiota, eu ia levar um pedaço pra você, amanhã no trabalho. Nem posso fazer nada pra te agradar...- falei fazendo uma cara afetada de tristeza.

- Mano do céu, eu sou um ogro !!! Me perdoa primo.

- Tá perdoado !!! Não tem como odiar você. Eu te amo demais.- falei sorrindo.

Nesse momento Marcos engasgou e começou a puxar o ar. Levantei correndo e fui por trás dele, e comecei a apertá-lo para ajudar.

- Calma Micah, me solta, eu já engoli.- disse ele se desvencilhando e indo na cozinha pra beber um copo de água.

- Tá tudo bem mesmo ???- disse eu.

- Tô melhor, acho que a comida, ficou confusa sobre o seu caminho.

E lá estava ele de novo fazendo aquelas piadas sem graça dele, pra fugir das minhas provocações. Agora eu tenho mais que certeza, que se eu continuar insistindo ele vai ceder.

Depois do fiasco jantar, estávamos no sofá, minhas pernas estavam encima das coxas dele, e conversávamos sobre a vida, enquanto bebíamos vinho.

- Eu não consigo entender, o motivo da Elis, me trair. Eu fiz tudo certinho, até em casamento, eu já tinha pedido.- falou Marcos.

- Acho que você não deve ficar grilado com isso. As motivações humanas não tem sentido, e tentar entender as necessidades dos outros é burrice. Você é um homem bonito e tem tudo pra ser feliz, às vezes a pessoa certa está do seu lado e você não reparou. Siga em frente, meu lindo.- falei fazendo um carinho no seu braço e esfregando minha perna na sua coxa e subindo...

- Obrigado pelo apoio primão- disse Marcos.

- Que isso, Marquinhos !!! Pode contar comigo sempre.- falei fazendo carícia na bochecha dele.

- Não adianta Micah, já saquei o seu jogo.- falou ele tirando a minha mão do seu rosto.

- Que jogo ??? Eu não tô fazendo nada.

- Eu te conheço muito bem, todo meloso, flertando comigo o tempo inteiro. Já te digo de antemão, que tô fora do seus joguinhos do Mrs. Jones !!!! Não vou cair nas armadilhas de vocês.

- Como descobriu do Mrs. Jones ? Ah quer saber, esquece. Vou te falar a verdade.- falei sentando no colo dele, enquanto protestava.

- Marcos eu sempre te achei um gostoso, gentil, carinhoso, honesto, companheiro e por ai vai. Você foi meu primeiro crush de adolescência, que nunca me deu bola. E sobre meus jogos com a Sade acabaram há 5 anos, não sou mais aquela pessoa fútil.

- Caralhoooo, que doideira!!!! Porque nunca disse nada?

- E precisava ? Duvido que você nunca percebeu, a forma que eu ficava penteando seu cabelo, ou quando suas cuecas sumiam , sempre que eu estava lá, dos ciúmes que eu tinha das suas namoradinhas mequetrefes, ou de quantas vezes eu já dei encima de você... seja verdadeiro , uma vez com seus sentimentos, mesmo porque seu pau duro, aqui embaixo, não pode te deixar mentir. – falei.

- A gente é primo, meu !!!- falou ele.

- Depois disso tudo que eu disse, essa é sua resposta ? Não sou seu primo e nem seu parente.

- Eu, eu ,eu... – balbuciou ele.

- Não acredito !!! Seja honesto e admita, que todo aquela proteção, era muito mais que um carinho de parente.

-Você não sabe do perigo que está procurando, você não me conhece de verdade.

Eu agarrei a cabeça dele e nos coloquei cara a cara e dei o xeque- mate:

- Eu gosto do perigo!!! Mas perigo mesmo, você vai ver quando eu ficar de quatro na minha cama, com a tua vara dentro de mim.

Marcos me agarrou, e me beijou, me deitando no sofá, ficando por cima de mim, me prendendo com seu corpo grande e quente.

E que beijo minha gente !!!!! Marcão bate um bolãoooooo.

Que pegada !!!

As mãos dele realizaram pelo meu corpo, enquanto seu beijo se intensificava, sua boca buscava pela minha com voracidade, a língua dele não parava de instigar a minha.

- Gostou ???- perguntou ele.

- Tá meia boca, mas se você recomeçar, acho que minha opinião muda.- falei.

Tirei a blusa dele, e tive uma visão maravilhosa daquele abdômen trincado e peludo.

Comecei a beijar cada parte daqueles gominhos da barriga, sentindo o cheiro de macho que exalava do corpo dele.

Desfivelei o cinto dele, e comecei a baixar a calça, até que ele me parou.

- Fica de joelhos na minha frente Michah.

- Nossaaaa cheio de atitude gostei !!!!- falei tirando minha roupa e ficando de joelhos na frente dele.

Marcos tirou a calça e revelou seu pauzão enorme. Com pelos loiros, bem sacudo, e uma rola bem branquinha e cheia de veias.

Levei minha mão até o pauzão dele e levei um tapão no rosto

- Eu mandei você colocar as mãos, em algum lugar ? Você é surdo ? Agora, abre bem a porra dessa boca !!!- disse ele.

Ele levou sua mão até minha nuca e atolou sua rola toda na minha boca, fazendo com que meu nariz chegasse até seus pelos, me fazendo engasgar.

-Mãos para trás, Micah !!! Se não quiser levar outro tapa.

Ele puxou bruscamente minha cabeça para trás, e me deu três batidas com a rola no meu rosto.

- Bota a língua pra fora !!!- falou ele

- Me dá rola ,macho.

- Cala a boca viado- disse ele batendo com a rola no meu rosto, e na minha língua.

- Abre bem a boca, Micah. – Isso, abre bem.

E lá veio uma cuspida, que não deu nem tempo de “saborear", já que atolou de novo a rola dentro da minha boca.

- Chupa só a cabecinha, e pode usar as mãos.

Passei a língua nela, e chupei como um pirulito, dei uma mordidinha que o fez pular, porém não disse nada, e continuou a gemer

Voltei a mamar, usando a mão num movimento de vai e vem, que o fez intensificar nos gemidos.

Fui descendo até chegar no seu sacão, chupei suas bolas uma a uma, dando mordidinhas de leve nelas.

- Oh , oh, oh ,ei vai devagar senão eu gozo, porra.

- Mas essa é a minha intenção!!!!

Ele me levanta de repente e me puxa para o sofá, me fazendo ficar sentado em seu colo.

Nossas bocas se encontraram de novo, ele chupava minha língua e eu tentava acompanhar. Sua mão deslizou até meu cabelo e puxou para trás, beijando meu pescoço em seguida e foi descendo.

Ele mordiscou meu peitinho bom um tempo, enquanto forçava a seco a rola para dentro do meu cu.

- Vamos pra minha cama, é melhor e lá tem gel.- falei

- Tem saliva, deve servir, vamos continuar aqui mesmo...

- Nada disso, amanhã eu trabalho, e quem vai sentir dor , sou eu. Quero foder no quarto, e você vai me levar.

Ele me pegou no colo e me jogou na cama.

- Garotão forte....

- Você não viu nada, puto.

Ele sentou na cama, e tirou um vidro de lubrificante da gaveta, onde eu indiquei que estava e melecou o pau.

Ele me colocou sentado no seu colo e posicionou o pau, no meu cu, entrando bem devagar, até que senti suas bolas encostando na minha bunda, ficamos um tempo parados até eu começar a cavalgar, lentamente sentindo dor.

Com o tempo eu nem ligava mais pra dor, meu tesão de ter aquele, loirão tesudo, gemendo era indescritível.

- Rebola no meu colo, Micah . Vou te arregaçar.

- Mete macho.- falei

Depois de socar pra caralho, ele retirou do colo e recolocou pra chupar a rola de novo que estava ainda mais pulsante. De repente ele segurou nos meus cabelos, e esfregou minha cara, por todo aquele peitoral peludo e suado até chegar no sovaco, me fazendo lamber.

Levei minha mão até minha rola, que era mediana, cabecinha rosadinha e branquinha.

- Não vai se tocar !!! Vai gozar na hora que eu quiser.

-Mas....- tentei falar.

- Mas nada.- disse ele me colocando de quatro e dando um tapa forte na minha bunda.

- Aiiiii !!!!!

- Que rabo gostoso, mano- disse ele mordendo, antes de me penetrar.

- Vai devagar...

- Devagar é o caralho. Tu não disse que gosta de perigo Mano? E olha que hoje eu tô bonzinho, não me pegou nos meus melhores dias !!!

Ele recomeçou a meter forte naquela posição, e o suor quente dele, caia em minhas costas. Suas mãos passeavam por todo o meu corpo, até chegarem nos meus mamilos e beliscarem eles.

Ele deitou encima de mim, e aumentou o ritmo da socada.

- Aiiiiiiiiiiii, vai com calma , por favor Marcos.

- Não consigo parar !!! – disse ele me beijando na boca com selvageria, para calar meus protestos.

Meu cu doía, minha rola doía de tesão, e minha bunda também doía por conta dos tapas.

- Você é filha da puta - Vou gozar, vou gozaaaaaar- falei depois duas bombadas na minha rola, gozei na cama.

- Porraaa , você gozou sem eu mandar !!!! – Vai ter castigo.

Acelerou mais a metida, e começou a me agarrar cada vez mais, até que ele desabou sobre mim e fez mais força pressionando seu corpo contra o meu.

- Ohrrr, ohrrr, ohrrr. – gemia ele, igual a um bicho ao pé do ouvido.

- Ahhhrrr, GOZEI .... – gritou ele - Meu, que rabão é esse !!!! Se soubesse disso, já tinha te pegado antes.

- Quem é você , e o que fez com o Marcos ??? – Até uma hora atrás, você estava todo tímido, e agora é um furacão.- falei.

- Eu sempre tive medo de mostrar esse lado.

- Cara, que delícia esse seu lado, (riso) fala pra mim... que cara você tá traçando.

- nenhum, você foi meu primeiro.

- Impossível!!

- Eu não sou gay, e nem nunca tive desejo por homens, Micah. Mas você é diferente, desde quando a gente era moleque, eu sempre quis fazer isso com você. E ainda tenho muitas fantasias que quero fazer com você!!! Não imagina quantas punhetas já bati por ti, pensando nisso ...

- Então seu doido, porque não falou nada.

- Porque você vivia me chamando, de primo, e eu era muito tímido também, e tinha o Mrs.Jones ... Se você não tivesse me dado vinho e não forçasse a barra, eu não ia fazer nada.

- Forçar a barra ???? Ah fala sério né Marcos. Não fiz nada, nem gastei muito meu latim, bastaram só umas jogadas de pernas, pra você ceder.

- Eu tô carente, e cheio de “necessidades", você foi esperto e abusou de mim, um pobre menino do interior.

- Cafajeste !!!! Tem alguém que acredita nas suas mentiras.- falei brincando com os pelos da barba dele.

- Tem uma pessoa sim, e ela está na minha frente- disse ele me agarrando para mais um beijo.

- Nunca mais vou te chamar de primo de novo ...- falei e ambos rimos disso.

Ficamos nessa implicância boba até adormecermos.

Senão fosse minha empregada Leila, chegar para trabalhar, tínhamos perdido a hora de ir para o trabalho.

Enquanto nos arrumávamos ele preparou nosso café.

- Seu Marcos, que saudade meu filho !!!!

- Leila , quanto tempo !!! Olha a Lasanha de ontem estava uma delícia.

- Te devo uma.- sussurrei para Leila ao passar por ela pra pegar a xícara.

- Vou te roubar pra minha casa, Micah pode se virar sozinho, e outra coisa, sei agradar bem meus funcionários... vão chegar umas geleias do interior ...

- Isso não é justo, tá usando as geleias da minha tia pra comprar minha empregada !!! Que abuso. Leila, esse safado é um demagogo.

- Não troco meu menino Micah por nada , seu Marcos.- falou ela.

- Toma bobão!!!- falei

- Vou retirar meu time do jogo. Realmente é uma pena Leila, você continuar com esse tirano.- disse Marcos.

- Te amo Leila !!! – disse eu beijando e abraçando a Leila.

- E eu não ganho um carinho ?- falou Marcos

- Claro que sim.- falei dando um beijão na boca dele.

- Ei, a Leila tá aqui.- disse ele parando de me beijar.

- Ela é de confiança. Pode ficar relaxado macho. - Vamos trabalhar, que já estamos muito atrasados.- falei.

- Ah Seu Micah !!! Lembra que o senhor tinha pedido uma indicação de manicure, no outro dia ? Então tenho uma muito boa, o nome dela é Milena, e é super de confiança, e vem a domicilio- disse Leila.

- Pode ligar para ela. Marca aqui em casa às 18 hs, hoje.- falei

- Pode deixar. – falou Leila.

____________________________

Ao chegarmos na Dumas, fiz questão de chegar e levar Marcos , em sua sala. Fizemos o caminho que passava pela sala de criação, onde nessa hora minha irmãzinha Branca, estaria reunida com os designers. Passei de braços dados com ele em frente à sala, fingindo estar entretido no assunto idiota que Marcos falava.

Ao entrarmos na sala de Marcos, eu o agarrei e beijei, porém uma pessoa inconveniente nos atrapalhou.

- Seu Marcos, surgiu um problema...- disse Joey tomando um susto, vendo a gente se beijando.

- Merda !!!- falei.

- Desculpe seu Marcos, não sabia que estava acompanhado.

- Depois eu e você teremos uma conversa, Micah. Agora sai da minha sala.

- Tudo bem.

- Eu que te devo desculpas Joey, por essa cena, não vai acontecer de novo, e peço que não comente com ninguém. Mas me diz que problema está acontecendo...

Escutei enquanto saia da sala e ia para copa atrás de D. Maria, que era minha amiga, já que Luísa estava de férias.

Assim que entrei na copa Joey, apareceu logo atrás.

- Quinho, não sabia que você e o chefe são baitolas. Vocês estão de caso- falou Joey , colocando a não na cintura e fungando o nariz.

- Tem algum problema com isso?

- Não tô acostumado com isso.

- Sua opinião para mim é irrelevante. E acho bom, você ficar calado sobre o que aconteceu, porque se eu descobrir que você abriu o bico, eu acabo com você.

- Quero ver você tentar acabar comigo, Quinho.

- Dá pra parar de me chamar de Quinho, não te dei intimidade para me tratar assim !! Eu sou seu superior e exijo respeito.

- Meu superior é Seu Marcos, e você não é ninguém.

- NINGUÉMMMMM? Você tem ideia de com quem você está falando?- gritei com ele.

- Tenho !! Estou falando com o Quinho.

- Então deixa eu te atualizar , eu sou Micah Dumas, dono dessa empresa, logo dono de você também seu babaca.

- O que está acontecendo aqui? – disse Branca.

- Não aconteceu nada, Dona Sade !!! Só estávamos divergindo sobre o jogo de quarta do Fla contra o Flu.- disse Joey.

- Jogo Fla x Flu? Fala sério, vocês querem enganar a quem? Quarta – feira meu irmão estava muito ocupado, para assistir ao jogo.

- Cala boca Branca !!!!- falei.

- Que papelão, hein maninho. Discutindo com um reles subalterno.

- Não é da sua conta.- falei.

- O que você tá fazendo parado aí ainda? Não tem trabalho?? – disse Branca

- Desculpe Dona Sade, estou indo. - Depois continuamos essa conversa, seu Micah.- disse Joey.

- Não vem me infernizar hoje não , Branca Azeda?- falei.

- Ontem eu vi, você e o Marcos na porta do cinema, por um acaso vocês transaram?- perguntou ela raiva

- Precisa responder?

- Seu Filha da Puta!!! Você sabia que eu gosto no Marcos.

- Pra você ver, eu sou muito melhor que você, irmãzinha. Não tem noção de como a noite foi boa. Sabe que eu sinto consigo sentir, ele dentro de mim ainda...

Nessa momento ela deu um tapa na minha cara.

- Você não tem noção, de com quem você mexeu.

- É só um jogo Branca. Quantas vezes você já não dormiu com meus namorados. Isso Você não lembra, né, muito conveniente.

- Eu te odeio Micah.

- Nossa fiquei tocado agora !!!!- falei rindo.

- Vem aqui .

- Solta meu braço, sua louca!!!!

- Vou te mostrar seu desafio, queridinho.

- Deixa de ser ridícula e esquece essa história.

- Quer ser deserdado???

- Piranha !!!

- Tá vendo aquele bronco, lá na empilhadeira, aquele que você acabou de brigar na copa.

- Não é o Joey né??? Ele é hétero !

- É ele. Seu Desafio é que ele se apaixone por você, e que ele seja tão rodado quanto você. Quero que ver esse bocó rastejando aos seus pés, a ponto de largar tudo que ele tem pra ficar contigo.

- Isso é sem sentido e impossível. Qual o motivo de você fazer isso com Joey?

- Não é da sua conta !!!

- Claro que é. Nunca escondemos o motivo um do outro, agora você faz isso ?

- Tá com medo, quer desistir?

- Jamais, você me conhece, eu nunca desisto, só está muito estranho pra mim.

- Que bom! - Ah, tem umas regras que você precisa cumprir.

- Quais ?

- 1° -Não terá minha ajuda dessa vez, vai se virar sozinho;

2° - Terá até a festa de lançamento da Esmeralda Romana para completar a tarefa em sua totalidade;

3° - Vai ter que terminar com Marcos. – disse Branca.

- Claro que não, assim você tá querendo me foder.

- Ou isso, ou pobreza ...

-Qual o intuito de terminar com Marcos ?

- Simples. Porque eu quero!!!! E ele pode te atrapalhar, na sua tarefa.

- Eu decido o que me atrapalha ou não.

- Mas eu quero. Faça isso o mais rápido possível, e sem que o Marcos saiba a verdade. – disse a megera me deixando sozinho e perplexo.

CONTINUA ...


Este conto recebeu 2 estrelas.
Incentive Antonio Novaes a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
24/03/2020 21:02:58
NÃO ENTENDI MUITO BEM A RELAÇÃO DESSES DOIS IRMÃOS. REALMENTE DISCUTIR COM FUNCIONÁRIO É COMPLICADO. POR OUTRO LADO SER PEGO EM FLAGRANTE POR UM FUNCIONÁRIO É PIOR AINDA. DISCRIÇÃO ACIMA DE TUDO, SE BEM QUE NINGUÉM TEM NADA A VER COM A VIDA DE NINGUÉM. DE FATO JOEY ME PARECE BEM ATREVIDO. UM FUNCIONÁRIO NÃO PODE DESACATAR UM CHEFE SOB PENA DE SOFRER AS CONSEQUÊNCIAS.
24/03/2020 14:54:50
Eita! A irmã do Micah é uma cobra

Online porn video at mobile phone


era so a cabesinha mais ele empurrou a rola toda no meu cucontos eiroticos leilapornconto gay ele se revoltou e tomou todascontos casal na boleia do caminhaoAcariando mulher na cama metendo pica violenta na vaginna dela clitóris grande YouTube grita puta selvageria braba xvideos vidio de pornomuleres vistino roupa drento do culrto peladas a calsinha entrano na bucetaver somete vidio duas pica grade na buceta virger saiu sangexxxxmenina mostra sua boceta pelo shortinhomorena de fiu dentau vermelhonovia damdo a bucetinhacontos eróticos de sexo com o padresexo taboo com toda a família contos ineditos mães e filhos online contos de incesto coroa do cugradaincesto com meu vô contosconto chupei meu avô cadeirantemenino malhado lutador de kung fumulata de short amrelo deitada de bunda pracima e o marido mexendo na bunda delaContas de incesto mãe tarada descabacando filho a força com fotoaquilo foi rasgando meu cuzinho contos eroticosXvideo a pica do irmao era tao grande que ela nao guetou verconto sexo "Minha Filha II"o corno saia pela porta da e o amante entrava pela janela pornocontos gay casado curradoTravesti policial prendeu o cara e pediu o cu pra soltalo pornocontos eróticos mulher endividadadurmiu com a prima e bateu uma ciririca nela fasend ela goza muitoxvideomae eminhatiaconto erotico funk peladadei minha virgindade promeuirmãogêmeobelas coroas fazendo oral e metendoo votarde corme um cu um bucetafoto do negao inedita nunca vista da rola seper grossaConto tirei o biquine no quarto do meu paiver video porno mae gts malhando em casa sem calcinha seu pai vervedeo de dois homem mostro fazendo sexo com mulher que judia bate fodedodando a boceta pro namoradoprimeira vez novoatolando a rola na madrastaxvideoesplendidavidiopormo de mulier que noa aguenta pau no cu e bera naoraXvidio tigrinhacontos eroticos GAYS, tesão pelo afilhado surfistaqaboca novihapornodoidolucianavelho baixinho exibe picaoporno tirei o pau veio bosta bizarroXVídeos mulheres de 50 anos fazendo depilação em um homem cera líquida enovinha virgem tora a roupasmostrando s calcinhacontos eroticos arombada nadpCasadoscontos.com Lins55cropped mulher chorando no cacetedaniele.gauchinhcontos eroticos pau grande fculddefachina sem calcinhacontos erotico fudendo gostoso com o meu compadrevideo de colegial sedo encoxada por baixo da saia com penis pra fora entremeio as pernas e varginacontos erotico cheirando as calcinha da crentePadrastro fódendo o çucontos minha esposa me falou amor eu quero o pauzao grossodo seu amigochopada e comendo na prisao xvideos.cocontos eróticos menino dá o c* pro padeiroconto erotico futebolxvideo chuletinhaConto erotico de pai cheirando as calcinhas sujas da filha bucetudacontos eroticos betty vagabundajapones enchendo cu da japinha dr liquido xvideocomendo a sobrinha de 13 aninho conto eroticoscache:I48cfGGC7vMJ:gtavicity.ru/texto/201612711 Gincana se gosadasbaxar prono fatoreal do congocontos de mulheres porcas que levam no cu e lambem conascontos eroticos meninas de doze anos transando com o primo com calcinha rosa com lacinhos brancocontos eroticos com velhosconto erotico velho taradofilmei prima rabuda d xorti curtomulheres corrianas tranzando de quatrohomens de braços grandes e pau duromenina e padrasto no sofa ela aproveita da bebedeira dele e tranza gostosocontosporn nao consegui ela com outro