O marido da amiga não perdoou!

Um conto erótico de Surfista
Categoria: Homossexual
Data: 06/10/2019 13:52:29
Nota 9.83

Olá, leitores e leitoras! Após uma breve ausência venho trazer mais uma experiência vivida. O importante quando jovem é deixar a curiosidade agir para vivermos situações diversas dando um amadurecimento enorme aos gostos e escolhas. Assim transcorreu minha passagem para a vida adulta deleitando-me daquilo que melhor o sexo poderia me proporcionar. Este conto ocorreu em 1993 quando tinha apenas dezoito anos estando no período de intensa vontade de aprender muito sobre o assunto.

Tinha uma vizinha que era evangélica e fanática. Não se contentou em fazer amizades com meus pais tentando influenciar a minha família na crença que ela praticava. Meus pais não frequentavam nada e pouco deram atenção aos convites. A insistência foi tanta que resolvi acompanhar aquela senhora viúva no culto de sua igreja. Ao chegar fui recepcionado por uma linda obreira Jane (nome fictício), mulher de Reinaldo ( nome fictício) que também frequentava o local. Pegamos uma boa amizade e poucos dias eu frequentava a casa que era próximo a igreja.

Minha proximidade com Reinaldo fora natural. Ele era um negro, forte, tendo seus 1,78 de altura, pele bem escura e seus quarenta e dois anos. Ela era uma loira linda, ainda jovem de aparência com seus quarenta anos. Não tinham filhos e viviam numa casa modesta, simples e bem arrumada. Minhas visitas começaram a ser intensas e já fazia parte da amizade de ambos. Tomava café, almoçava, ficava vendo TV até ir embora. Numa dessas que deu início ao acontecido.

Num Sábado pela manhã, Jane, precisava ir à igreja. Reinaldo iria fazer algumas coisas em sua casa e eu cheguei. Fui bem recebido por volta de umas dez horas. Entrei e ficamos conversando. Antes de sair ela disse:

- Tem coisas na geladeira. Não passem fome.

Dei um beijo em seu rosto e ela saiu. Ficamos eu e Reinaldo conversando sentados na cozinha. Conversa vai e conversa vem, senti sua mão encostar em minhas pernas. Entendi rapidamente sua intenção. Uma troca de olhares e sorriso fez liberar nossa química. Alisei sua pica por cima calça sentindo o volume daquele pau negro. Coisa de segundos alisava ela por completo, já exposta, cabeça bem definida, com minhas duas mãos olhando ele de frente.

- Não vai falar nada para ela.

- Tranquilo!

Cada alisada aumentava o volume daquele mastro grosso que enrijeceu. Havia muita carne pulsante ali, desejosa para devorar minha boca e meu cuzinho. Ensalivei minha mão passando a masturbá-la por completo. Ajoelhei e engoli. Uma delícia aquele pau carnudo! Fortes estocadas eu recebi. Seu tesão estava elevado forçando uma boa garganta profunda. Cada chupada eu sorria, trocava olhares de confidencialidade, corado e vermelho, pedindo desculpas mentais para Jane mas seu marido precisava naquele instante de atenção!

- Chupa forte! Sua boquinha melada é uma delícia!

Seu saco já tocava meus lábios sem qualquer dó. Eu engolia tudo, excitadíssimo, cu piscante, cheio de saliva ligando um fio entre sua cabeça e minha boca. Recebia tratamento de rainha, de menina quente precisando levar o que procurava. Eu, jovem garoto, comportava-me como uma putinha!

- Vamos para o quarto! Fica empinadinho!

- Não vai dar problema? A cama é dela e...

- Relaxa!

Fiz e ele veio montando sem a mínima preocupação. Abriu meu rabo numa pintada e na segunda já escorreu por completo. Senti uma dor forte e nem me preocupei. Pernas bambas e levando bombadas rápidas por trás fui ficando ofegante tentando me acostumar apertando o travesseiro de Jane. Como era delicioso receber aquela rola de dezoito centímetros em meu cu que fazia um estrago cavalar! Sua pulsante cabeça me comia com força, exatidão e vontade perfazendo enterradas completas! Não passava de vinte minutos da saída de sua mulher e ele fazia a festa em mim!

- Ai, que pau! Vou querer todo dia!

- Basta vir aqui em casa!

Sua precisa montada arrebentava todas as minhas pregas. Jane que me perdoasse mas eu estava excitado demais! Pedi de quatro e fui comido com metidas rápidas que terminavam com seu pinto saindo e sendo colocado novamente numa sequência gostosa que causava espasmos. O calor e a excitação, o cheiro de sexo, o suor fizeram aquele homem maduro gozar feito um cavalo. Tirou ofertando em minha boca seu esperma.

- UHHHHHHHHHHHHHHH!

Seu urro foi seguido de um bom jato em minha língua. Engoli o néctar daquela putaria melecando também meus lábios, rosto com o pouco que sobrou. Acelerei a xupeta descarregando cada gota sentindo meu cu abertinho, rasgado, queimando e latejante.

- Cuzinho bom!

Ri enquanto terminava meu serviço! Minha vontade estava saciada por hora. Mandou eu ainda ficar de quatro dando mais umas três pintadas completas, passou a vara já em flacidez no meu anel e guardou. Tratei de tomar um banho para tirar o cheio de sexo. Batemos um papo rápido e saí. Não haveria mais segredos entre eu e ele. Muita coisa mudaria daí para frente!


Este conto recebeu 0 estrelas
Estamos testando um novo formato de votação. O ranqueamento será feito não mais pela média, mas apenas pela soma das notas oferecidas. As notas também serão apenas de uma, duas ou três estrelas. Isso deve evitar que haja quedas repentinas do ranking por conta de ataques por alguém que queira manipular os resultados. Se tiverem dúvidas, .

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
01/12/2019 09:26:58
Interessante... Muito bom!
14/10/2019 23:44:40
Adorei! Quando puder leia meus contos pra dar um incentivo: Rafael Pothos e o professor dominador - I e Rafael Pothos e o professor dominador- II.
07/10/2019 13:39:09
Tiozão gosta de um rabo novo
MG
07/10/2019 13:23:01
Que delícia... Um tesão.
07/10/2019 05:26:11
Delícia ! Adoraria que tivesse acontecido comigo quando jovem.
06/10/2019 23:40:59
INTERESSANTE. CONTINUE.

Online porn video at mobile phone


filha um dia essa buceta vai ser minhacontosdatifany.blogspot.comfeitio de cabelo xvedeorvidio porno piqueno conhadacontos eróticos lesbicos strapon putinha vadia vagabunda fudercd_patryziascat contosporno contos negao da mandiocacontos eroticos diaristaxvideo as pantera tio vendo pela braxa da porta sobrinha no banhofilmepotnouvideios mae filho gosou dentro dela e derramou muita gaconto gemo muito ai ai dando cu para outro na frente do meu corno ele fica com tesaõbomtuda pornofizemos sexo bi com um estranho contoSir eu marido nao gosta de chupa seus seios Que fazer para ele chupalos xvídeo a novinha tomar esperma do joelhinhoquero ver o filme porno o irmao cariciando a irma para foder ela pela primeira vez beijando muita elaXxvido forçanda vou passar esse chocolate na sua buceta contofraga real tio meixeno com a novia arfosaporno contos negao da mandiocaXsvideos exibindo o pau pras mulheres mo metrocontos tio vc e dotadao aiaiai fotos pornoROLA CABEÇA DE COGUMELOCOM NOVINHA XVIDEOuza calsinha fio denrak aumenta a bunda qual a difeeençavideos de porno gay amadores lancinho do pintorconto gay acordei com a pica do meu irmão atolada no meu cúconto ero meu tio virou donover mulher gritando de tesão saindo gosminha do grilo da sua buceta grandeconto erotico crente negraconto erotico gay viado submisso vira femea do negaocontos eroticos estuprada pelo gariconto adoro ser cadelinhaconto erotico o velho me comeuXevedeos cumendo a ex esposa do meu primo vedeos casero video de sex com pauzaoassistir agoraporno gey istorias comi meu priminho de treze anoconto de comi o cu da diarista novinha na minha casaenpregada safada acedia filho do patrão e coloca sua filha para participar do sexo xvideoContos proibido bem novinhaporno gey contos eroticos tirando virgindade de menininhos novinhosseios com mamilos pontudosmais lindo"submisso" esposa conto eroticoxvidio consolo vinguemnovinha você não afrouxe do cabelo que se não for a música completoRelatos de marido corno manso e otariogta em porno doido com um estranhocontos eróticos a esposa e os velhos da SenzalaC ok contos eroticos submissa fazendo um dp com o vizinhoConto Erotico Amiga Da Minha Mae Me Seduziu Me Seduziu E Metemo Muito fotos bucetad testa de tourofotos pes tezudos femininosContos erroticos de empragada chinezavideos porno gratis das loiiraas novinhas taatuadascontos eroticos priminhaConto real slutwife camisinhacoroa ao sentir o caralho na cona esporrasse todaconto erotico gay narrado yootubearrumando o chuveiroda gostosacontos eiroticos leilapornaspanterasxvideovolupinosa pornocontos eroticos sogra acaricia genro por baixo da mesa na hora do jantarbricadeira de mau gosto enfiou a pica no cu grande xvideos.comviagei a trabalho e meu noivo virou corno o homem me dominou Fui encoxada e iniciada por um roludoPorno tio rancado o caba o da subrinha novinha inocente gozou no cuzinbo delaso contos de evangélica traindo maridosexo contos aiai ta doendo papai meu cuzinho tira nugenicologista abrindo abuceta ate o limiticomtos exitantestorao cabeçudo entrando xnncontos eiroticos leilapornma nininha sendo enconxadanovinha dopada tem c* arrombado que sua colega bota pornôcontos porno padre gayvídeo de moleque pequenininho trancadinho batendo p****** sexocontos eroticos arrebentei o cu virgem do meu cunhadinho na pescariaquando a mulher e chantagiada e humilhadacontos eiroticos leilapornvídeo pornô grátis filho com a rola de 40cm por outro Sura fazendo sexo com a mãeconto erotico bandido queria a bunda da minha esposamacubeiro comendo a foça novinhacontos filha rabuda ninfomaniaca CONTOS GAYS ACABEI DANDO O CU PRO MEU INIMIGObichinhas com peitinhos de mulhercasa dos contos esposas pagando a divida dos cornos enroladosVideo pornopanteras filho comardo maeconto arrebentei cu garanhaocoroa sai de saia e sandalinha pra fudervidio porno de padrasto fica com a intiada ruivinha