Minha namorada me convenceu a ser corno me comendo

Um conto erótico de Masoquista
Categoria: Heterossexual
Data: 31/12/2017 02:07:28
Nota 9.53

Descobri o prazer de ser corninho com meus 16 anos graças à minha primeira namorada, Ana, e ao meu primo, Marcos, mas quando fiz 18, entrei na faculdade e uma nova fase da minha vida estava iniciando, comecei a me perguntar “é isso que eu quero pra minha vida? Aceitar ser um beta pra sempre? “, e então decidi terminar com Ana e sair desse mundo da traição, foi difícil, eu ainda gostava dela, mas ela entendeu minha situação e apoiou.

Peguei-me diversas vezes me masturbando pra essas lembranças, blogs e tumblrs de corno, mas tentei me controlar ao máximo. Ia em algumas baladinhas me distrair para tentar conhecer alguém, mas após algumas tentativas falhas, comecei a me sentir intimidado, depois de um tempo, eu só sentava no balcão e bebia até tarde e ia pra casa, mas um dia havia uma garota linda do meu lado, magrinha, cabelos pretos, mas eu estava meio receoso de começar uma conversa, para minha surpresa, não precisei, ela começou:

-Também está sozinho em um sábado a noite?

-Sim, qual o seu motivo?

-Pra ser sincera, terminei com meu namorado porque ele estava cansado das minhas taras...

Até estranhei, alguém que eu nunca tinha visto falar tão abertamente sobre algo tão pessoal, provavelmente era efeito das bebidas e a vontade de desabafar com algué,.

-Uau, eu terminei com a minha namorada porque eu estava cansado das minhas próprias taras!

Ela riu, disse que seu nome era Isadora e tinha a minha idade, a conversa fluiu muito bem a noite toda, já eram umas 2h da manhã quando a levei pra casa e nós transamos, depois de algumas semanas, eu estava apaixonado pelo seu jeito aventureiro e sua curiosidade e começamos a namorar, estava tudo dando certo, um relacionamento normal finalmente.

Nosso relacionamento estava ótimo, até chegou na época de provas, ela disse para focarmos nos estudos, e depois poderíamos foder bastante, mas eu estava morrendo de tesão e voltei a ler alguns contos, acessar alguns tumblrs e achei alguns de traição, eu pretendia apenas dar uma olhada, mas assim que comecei, não consegui parar, meu pau falava mais alto, naquela semana de provas, eu me viciei novamente, lembrei de meus dias como manso e me masturbei todos os dias até que as avaliações acabassem. Eu e Isadora voltamos a nos pegar, ela estava cheia de fogo, mas ela guardava o tesão de uma semana inteira e eu tinha me masturbado mais cedo do mesmo dia.

-Estava se masturbando de novo?

-Sim...

-Ai, ai, tudo bem, me compense com um oral e amanhã a gente continua.

No meio da noite, tive a impressão de que ela teria pego meu celular, mas continuei a dormir, quando acordei já era de manhã e fui ao banheiro, levei meu celular, preocupado, lembrei de que ela sabia minha senha e eu não lembrava se eu havia fechado minha pornografia, mas sabia que meu histórico ainda estava lá, “será que ela viu?” me perguntei, mas no café da manhã, ela parecia agir normalmente, talvez um pouco mais sorridente, mas acreditei que era por estarmos juntos novamente e decidi não falar nada.

-Eu vou na casa do Tom hoje, ok, amor?

Tom era um amigo antigo dela, não me preocupei, sempre suspeitei que ele fosse gay.

-Tudo bem, não volte muito tarde pra podermos aproveitar a boite.

-Há, há, vamos aproveitar bastante a noite sim...

Eu ri também, acreditando que teríamos uma noite memorável após a não tão agradável anterior, e tivemos, mas não foi como eu imaginava.

Era sábado, meus planos eram apenas ficar em casa, vendo algumas séries e esperar até a noite, e assim estava sendo, mas no meio da tarde, meu celular vibrou, era uma notificação, uma mensagem de um número estranho, não uma mensagem qualquer, um vídeo, comecei a baixar, parecia inofensivo, mas assim que baixou, eu pude ver Isadora, coloquei para assistir, no vídeo, ela estava de joelhos, apenas de sutiã e calcinha segurando um caralho próximo a boca, sorrindo , meu coração acelerou na hora e meu pau endureceu, no vídeo, ela sorriu e disse enquanto olhava para a câmera:

-É disso que você gosta? Da sua namorada ficando com outros homens?

E começou a colocá-lo na boca, sem pressa, não era muito grande, dentro da média, mas mais grosso que o meu, ela não tinha pressa, parecia adorar cada momento, sempre olhando para a câmera, em um momento ela tira da boca e volta a rir.

-Tá vendo isso, amor? Tá excitado? Gostando de me ver chupando o Tom?

Então era realmente o maldito do Tom, eu devia ficar ter ficado irritado, mas fiquei grato de que fosse ele, por que eu já tinha conversado algumas vezes com ele, e ele era super respeitoso e gente boa, era melhor do que um estranho na rua, no vídeo, apesar de não dar para ver seu rosto, ele parecia meio tímido e tentou ficar quieto, não me ofendeu ou forçou ela a nada, até que chegou a hora em que ia gozar e ele anunciou, ela sugou aquela piroca até as bolas e ele gozou na goela dela, que engoliu tudo e depois deu um sorriso safado pra câmera.

-Te vejo a noite, amor!

E o vídeo acabava.

Eu estava muito irritado, como ela podia fazer aquilo comigo? Podia ter pelo menos conversado comigo sobre, quando ela chegasse, eu ia brigar muito com ela, até que ela pedisse perdão ou o relacionamento acabasse, mas eu estava também muito excitado, não seria nada convincente se eu desse uma bronca nela enquanto eu estivesse duro com a situação, então assisti novamente o vídeo e me aliviei.

Beirando as oito da noite, ela chegou, eu estava sentado na poltrona da sala, encarando-a, ela sorria, veio andando em minha direção, lambendo os lábios, e começou a tentar me beijar, eu afastei-a, e falei, irritado:

-Você está louca? No que está pensando? Acha que pode simplesmente chupar outro cara e voltar para mim querendo beijinhos?

-Eu vi seu histórico amor, eu sei que você adora isso... eu sei que você ta morrendo de tesão...

-Isso não é desculpa, Isa! Você viu meu histórico e sua reação foi correr para ficar com outro cara? Nem pensou em conversar comigo? Saber como eu me sentia? Se eu realmente queria isso?

-Você está bravo comigo, amor? –assenti- Não precisa... Não achei que você ia ficar assim, mas escolhi o Tom exatamente por isso, ele é gay na verdade, eu pedi isso para ele porque achei que ia te deixar excitado e eu não teria que me preocupar com ele no meu pé pra chupá-lo de novo caso você desaprovasse...

Ela olhou para baixo e fez cara de coitadinha, eu achei que tinha exagerado e magoado-a.

-Tudo bem, Isa... Eu te perdôo, eu admito que fiquei bem excitado com o vídeo e me masturbei com ele...

Ela abriu um pequeno sorriso.

-Então você gosta mesmo de ser corno?

-Bom, um pouco, mas foi só dessa vez, não é pra você ficar se agarrando com outros caras...

Ela, sentada no meu colo, sorria e voltava a me beijar.

-Me beija enquanto meu hálito ainda ta com o cheiro da piroca dele...

E assim eu fiz, beijei-a fogosamente, sentia um certo salgar e um cheiro forte, ela começou a tirar minhas roupas, até que eu já estivesse nu, no chão, quando ela disse para eu esperar, pois iria trazer algumas coisinhas. Ela voltou com uma bolsa que eu nunca havia visto.

-Feche os olhos. –Isa falou e assim eu fiz.

Ela me vendou com um pano preto, e pediu para que eu ficasse de costas, ela puxou meus pulsos para trás e prendeu-os com algemas, estar nu, sem saber o que ela ia fazer ao certo me deixava ansioso, mas não menos excitado. Ela me mandou ficar de pé, se posicionou atrás de mim e me empurrou, me debruçou no braço do sofá, me deixando com a bunda exposta, sem muito que eu pude fazer.

-O que está fazendo, Isa?

-Relaxe, amor, você vai gostar e, principalmente, eu vou gostar, há, há.

Ela começou a me dar tapas fortes na bunda, eu deixava sair alguns gritinhos sem querer, o que fazia com que ela aumentasse mais a intensidade dos tapas, eu estava começando a gostar, mas ela parou por uns instantes e ficou quieta, quando voltou, passou algo no meu cu, algo que parecia com um creme, geladinho, arrepiei, ela começou a enfiar alguns dedinhos em mim, calmamente, enfiou um e depois dois, meu pau estava explodindo, e ela parou novamente. Senti algo roçando minha bunda.

-Amor, o que você está sentindo é a minha cintaralha, você quer que eu enfie em você?

Eu queria aquilo dentro de mim, ser fodido por ela, estava morrendo de tesão

-Sim, enfia tudo...

-Você quer ser minha putinha, amor?

-Sim, eu quero...

Ela começou a enfiar, devagarzinho, aquilo doía muito, mas eu não queria que parasse, me sentia domado, feminizado, estava indo a loucuras, ela começou o vai e vem, eu gemia de forma embaraçosa, ela apertava meus mamilos, me mordia, eu pedia mais, ela puxava meus cabelos e enfiava mais fundo, mas em nenhum momento ela tocou no meu pau.

-Isa, eu vou gozar...

Ela imediatamente tirou o pau de borracha de mim, justo quando eu estava chegando no meu êxtase e riu.

-Você quer mais? Quer gozar sem eu nem tocar no seu pintinho?

-Sim, me fode, por favor...

-Então vai ter que merecer.

-Qualquer coisa! Mas por favor...

Acabei me deixando levar pelo calor do momento. Ela começou a enfiar, mas parou na cabecinha.

-Quem você é?- ela perguntou.

-Sua putinha! – respondi, acreditando que seria o que ela queria ouvir e como eu me sentia na situação.

-E você vai fazer qualquer coisa para que eu foda seu cuzinho como a putinha que você é?

-Sim...- respondi, achando que ela não pediria nada demais.

-Vai me deixar foder com outros machos?

Saquei o que ela estava querendo, mas eu já não conseguia recusar, na hora do tesão, tudo parece uma boa opção.

-Sim, eu deixo você foder com outros...

-Mesmo se for um amigo, um parente ou um estranho?-ela enfiava mais um pouco.

-Sim, qualquer um!

-Você vai ser meu corninho submisso e continuar me amando?

-Sim! Eu te amo, Isa, e você está livre para me por quantos chifres quiser! Agora me fode!

Ela enfiou tudo, e começou a acelerar, todas as condições dela pareciam valer a pena para ter ela dentro de mim novamente, me fodendo sem mais nenhuma piedade, me usando como uma cachorra, eu gemi alto, minhas pernas bambearam, meus olhos se fecharam e tive então o orgasmo mais intenso e inesquecível da minha vida.

Depois disso, ela tirou as algemas, nós deitamos no chão, abraçadinhos e suados, ela olhava para mim, sorridente.

-Você me fez a mulher mais feliz do mundo. – ela disse enquanto me beijava.

E ficamos ali, eu não sabia ao certo o que me esperava, mas se a deixasse feliz, se me deixasse feliz, então nós acharíamos algum jeito de fazer aquilo dar certo.


Este conto recebeu 3 estrelas.
Incentive masoquista a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
17/01/2020 21:27:39
Delícia de conto!
18/07/2019 10:09:29
Tenho 25 anos procuro mulher de qualquer idade que curta inversão, incesto e algo mais.... para real, moro em Barueri-SP, interessadas me chamem no whats ONZE, NOVE, SETE, UM, CINCO, DOIS, UM ,OITO, DOIS, SEIS
08/03/2018 18:18:52
Adorei, tenho esses desejos e fantasias também, já fiz algumas coisas.entra em contato
05/01/2018 12:47:23
Que delícia de conto, que sorte da Isadora, quero um namorado assim corninho só para mim
03/01/2018 18:50:27
Beleza adorei, queria ter uma Izadora assim.
02/01/2018 06:51:56
Carambaaaa, que tesão!!! Ótimo conto
01/01/2018 07:15:15
Gostamos Vamos buscar essa experiência
31/12/2017 16:02:20
He he legal agoravvai ser sempre assim.
31/12/2017 14:37:35
Obrigado pelo apoio galera! Respondendo as perguntas: Wark, Eu sinto sim minha masculinidade sendo pisada, mas isso me dá ainda mais tesão, não me sinto gay, apenas submisso. Astrogildo, sim, quando eu estou com tesão, aceito tudo que ela disser, é assim que ela consegue qualquer coisa de mim
31/12/2017 13:46:16
Nossa, tbm quero, estou interessado tbm, manda fotos dela, valeu
31/12/2017 12:46:32
Vc se deixa levar fácil por uma fantasia, hein! ? Pelo menos isso rende bons contos, bem escritos e profundos
31/12/2017 10:39:24
Maravilha ! Sou do Rj e adorarua ter o prazer de conhecer vocês
31/12/2017 03:44:43
Tens uma sorte incrível, ser corninho de uma gata que te arromba é o máximo !!!!!!!!!!!!!
31/12/2017 03:04:26
Deliciaaaaaaa
31/12/2017 03:04:17
Muito bom!!!

Listas em que este conto está presente

Corno
Corno

Online porn video at mobile phone


vídeo porno pai mostra psu ora filha e fodia ela todacontoseroticos/comadre rabudacontos eiroticos leilapornempregada gostosa foi faxina e levantou o rabo do meu lado ou do rabo gostoso delacontos eiroticos leilapornvideos de mulheres baixa sendo arregacada por homem branco penes grande cabeça de gugumeloxividio ela fica xorando quando da o cucaldo de buceta sujacorno covarde chorãoXVídeos brasileiro tar adesivo da esposa colega para chupar elea patricinha e o porteiro 4mao do guri na minha jebacontos com fotos a safadinha da minha entiada queria rola metir nela sem dover filho fódendo mãe dormindocuckold adeptosfissurada em ser chupada na buceta contofilmes de sexo so conegao do pao grosso e negona da buceta inchadacasada chantageada contos eroticosxvidio confusão em família pai gosou dentro da bucetaFêmea se deliciando com dorso masculino posicao papai mamae ponodoidoC.EROTICO ONIBU LOTADObatendo uma ciririca pra amiga fandoa esporrasou virgem porque meu tio so chupava minha bucetinhaPenis flacido castrar contospeguei a novinha fumando maconha e chantagiei ela e transei com elavidio page novinha tomando banho gostoso na fasendagostosaginecologistaporno doidao finha trasando com o pai ao lado da maeSexo com fucionaria buceta apertadinha relatosencoxando rabuda no trem casa dos contospaguei mas gozei gostoso na filha evangelica da empregada minha contosnao aguentei meu filho virou meu amante primeiro contocontos eiroticos leilaporngarotinha novinha virgem desmaia ao deixar um pênis muito grosso entrar naxaninhaas boyzinha nas Vaquejadas cara comendo ela bêbada XVídeos brasileirasnao aguentei e comi minha irmazinha.contosconto de sexo porno com meu cachorro pastor alrmao fui por racaocontos meu primo safado me vizitouconto adoro ser cadelinhacontos eroticos com padrasto estupro gosteiComtos etoticos novonha dando pro carteiroPoenos que pais disvirginam filhaacontos eroticos malv comendo as interesseiranovinhas que não aguentaram a boneca horrívelorgia na casa de swing mulheres enfiando a b***** nas ruas por trás das paredeswwwxideos retocarprodutora cabine erotica spler contos eroticos menageContos erotico sou loira e dei o cusobrinha virando os olhinhos e g****** muito no pau do tiocontos eroticos o cuzinho rosinha da minha filhafiliho afuder amaiblogspot novhias pornquando voltei entrei no quarto da minha irmazinha e vi ela se mastubando dei uma bronca nela contos de incestoYoutube xvideos.comporno nisei tratandotia marta safada deixa exfrega meu nesse rabocontos erotico,meu genro me enrrabou dormindoarrumei um macho bem r***** pra f**** o c****** do meu marido contos gayx vidio de menina de menor de sortinhotia gostosa pegas sobrijho dorkindo dec cueca com opau praforacontos eroticos malv comendo as interesseiranovinhas deitada dentro de casa na cama com compasso de shortinho todo enfiadovırgens dando o cuContos eroticos vovozinhobaixinho Galeguinho fazendo sexo com jumentaporno tia se destraiu e sobrinha ninfeta chupou o seu maridoXIS VIDIO CORNO NA TELEVISAOfotos de vestidos colados que acentue a bundamenina nociha demenor pededo asprega anal pornovagabundas chupano pau muitocabeçudaconto erotico corno afeminadoporno fodie minha entiada no cusaomamae sentou no meu colo e eu nao resistir e comi ela contos erpticosamiga fica fadigada e a outra faz massagem na buceta dela porno doidocoroa Dalvinha engolindo pica grandecunhada louca pra sentir rola grande pega cunhado de pau duro e nao resistecontos eroticos engravidei minha noraalevantei o vestido da cunhada gostosa e levou bucetaPorno cachorros no cio engatadocontos de iniciaçao de uma casadamtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1contos picantes de amor gaysvidios pono mae coroa da acona grande ao seu filhovideos pornò homem chupando gostosò