MEU MARIDO VIROU CORNO E ACEITOU - continuação

Um conto erótico de Paula
Categoria: Homossexual
Data: 02/04/2017 18:11:52
Nota 10.00

MEU MARIDO VIROU CORNO E ACEITOU - continuação

Pela manhã acordei primeiro, deixei Marlene dormindo gostoso, fui me ajeitar no banheiro e depois me dirigi à cozinha, notei que estava um pouco ardida deve ser por ter fodido tantas vezes com o Roberto, o pau dele realmente era grande e grosso, e sentia-me esfolada toda dolorida entendi porque Marlene reclamava de dar tantas vezes para seu marido, mas eu estava feliz agora teria sexo completo sempre que desejasse, meu amado marido tinha compreendido as minhas necessidades e estava me apoiando e ele estava feliz, pois em troca comia a Marlene como ele gosta calmo e feliz. Estava vestida apenas com calcinha fio dental preta e uma camiseta de alcinhas bem curtinha, quando olho vejo o Pedro se aproximando, me abraçou me beijou perguntando, vc dormiu bem meu amor, eu disse sim amor bem feliz, agora nada vai faltar na minha vida, ele falou faço qualquer coisa para te fazer feliz amor, eu perguntei gostou de comer Marlene ele disse ela é gostosa, mas vc e mais amor, eu falei estou amando esta mulher e adorando foder com seu marido, Pedro me falou também estou adorando saber que vc gosta de foder com ele, pois. Assim não tenho receio de perder vc te amo muito. Não posso correr o risco de perder vc minha esposa querida.

Preparamos o café da manhã com Pedro me ajudando, assim que estava tudo pronto, vi Marlene vinda em minha direção, ela estava lindíssima, vestia apenas uma camiseta, sem lingerie, estava delicioso, veio em minha direção abriu os braços me abraçando beijou minha boca enfiando sua língua em minha boca, e ficou chupando minha língua, fiquei excitada na hora, Pedro cumprimentou-a e sentamos a mesa para tomar o café da manhã, perguntei por Roberto ela disse já esta com tesão de novo sua tarada, eu disse não amiga, apenas queria saber se irá tomar café com a gente, e sorrimos os três. Ela disse deve estar acordando não é de levantar cedo, mas quando levantar vai querer foder como lhe falei ele fode de manhã à noite e se puder o dia todo não se satisfaz nunca. Pedro falou porque vc não vai ao quarto dele e o ajuda a acordar satisfeito, eu disse vou mesmo, vcs dois arrumem tudo ok, vou satisfazer o marido da amiga, sorrimos os três. No caminho do quarto senti a minha buceta doloridinha, mas falei um belo pau daqueles, vai aliviar as dores, e entrei no quarto.

Quando entrei no quarto, Roberto estava dormindo com o pau duríssimo apontando para o teto, tirei a roupa fiquei nua e deitei-me a seu lado, mas o pau duro não me deixou quieta, coloquei a mão sobre o pau e segurei e passei a masturbar bem devagar, ele gemeu dormindo, e o pau ficou mais duro ainda, não resisti e coloquei o pau na boca e fiquei chupando, ele acordou e disse feliz, ai que delicia acordar com uma boca-buceta chupando meu pau, nunca tive este prazer logo cedo, Marlene somente faz isso após eu brigar muito eu continuei chupando sem falar, ele deliciou-se com a chupada e disse vou gozar, eu continuei e ele gozou muito na minha boca, eu engoli tudo como boa puta que sou, ficou feliz e disse vou ao banheiro já volto, tomou uma ducha e voltou feliz, beijou minha boca e me virou para cima e entrou entre minhas pernas e enfiou seu pau delicioso grande grosso na minha buceta, entrou tudo dolorido, mas gostoso senti sua porra escorrer dentro do meu ser, como é bom ser comida por um macho alpha, não é carinhoso, mas fode como somente um macho possuidor de fêmea sabe foder. Quis me levantar ele me segurou e disse calma ainda tenho de gozar mais algumas vezes, eu falei deixa para mais tarde, ele falou somente mais uma vez gostosa, depois fodemos mais durante o dia. E me fodeu logo depois mais uma vez, ai saímos para a sala, Pedro estava vendo noticiário na tevê Marlene ajeitava a cozinha, fui ajuda-la perguntou deu para ele, eu disse sim uma vez na boca e duas na buceta. Ele não se satisfaz nossa que tesão.

Passamos uma tarde maravilhosa, sempre nos beijando, acariciando e após o almoço o Roberto falou vou com Marlene para a cama querem nos acompanhar, eu falei acho melhor vcs namorarem sozinhos, fica aqui com meu marido vendo tevê, ela falou não Paula, venha comigo acho que preciso de ajuda e quero seus beijos para acalmar minhas dores, eu fui afinal Pedro falou vai amor, eu fico vendo tevê se der vontade vou assistir a foda de vcs. Chegando ao quarto ele falou quero as duas nuas, e tiramos as roupas ficando peladas, nossos seios estava duros mostrando tesão, ele falou, por favor, se ame um pouco para eu assistir, eu abracei Marlene ao encostar senti nossos seios se amassando um contra o outro, era delicioso sentir aquele calor dos peitos dela, e nos beijávamos, ai deitei ao contrario dela e passei a chupar sua buceta deliciosa que saia um néctar delicioso bem doce, engolia tudo e ela chupava a minha buceta, lambendo deliciosamente, estava maravilhoso ai gozei em sua boca e ela gozou na minha ficamos desfalecidas, ai Roberto veio e deitou-se entre nos seu pau estava ainda mais duro do que antes, e pediu venha me beijar Marlene, e falou nossa que gosto de buceta delicioso amor, tomou todo o gozo da Paula ela disse sim amor sente que delicia, falou, por favor, chupa meu pau Paula, enquanto chupo as tetas e boca de minha querida esposa, tive de chupar aquele pau delicioso enquanto o casal se beijava, foi delicioso quando ele gozou na minha boca, saiu porra demais e cheguei a engasgar devido à quantidade que saiu daquele pau, quando olhei meu marido estava de pé ao lado me vendo chupar aquele mastro, falei Pedro venha me beijar também amor, ele tirou as roupas e se enfiou entre nos ficamos chupando e beijando entre-nos, onde ninguém era de ninguém, o cheiro de sexo invadiu o quarto e gozei inúmeras vezes, Marlene também, ai o Roberto falou agora quero gozar em uma buceta quem vai ser a felizarda, eu falei Marlene, ela falou, por favor, Paula, faça isso por mim, não tive como não fazer, e deitei-me e esperei o pau do homem mais insaciável que conheço, e ele enfiou aquele pau enorme na buceta, quando olhei Marlene beijava Pedro e dizia obrigado minha amada querida, e eu aquentei aquele cacete na buceta por quase 20 minutos quando gozou me encheu de porra que ficou vazando para fora da buceta de tanta quantidade, Pedro gozava em Marlene e encostou-se a uma cadeira e ficou olhando nossas fodas, Marlene tocava uma siririca, pois Pedro como sempre não a fez gozar, e gozou vendo o marido me foder.

Eu estava apaixonada por Marlene, por Pedro e por aquela maquina de foder o Roberto, não sabia como seria dali em diante, mas com certeza era o melhor final de semana da minha vida, depois fui tomar uma ducha e chegou Pedro e Marlene tomou um banho juntos se amando, e Roberto falou durante seu banho, já vamos parar, quero mais, todos sorrimos da tara daquele homem, na sala Marlene falou não vou mais saber viver sem vcs esta bom demais não é amor, seu marido disse maravilhoso, afinal assim tenho quem comer sempre, só falta eu comer o Pedro, não acham, todos olhamos e rimos, Pedro falou já tem duas mulheres para comer ainda quer comer meu cu, vc é doente amigo, e sorriu, mas fiquei com a impressão que ele gostou da ideia. Roberto falou ainda vou comer seu cu e o cu da sua mulher, ela me prometeu, eu disse não prometi disse quem sabe isso não é promessa.

Durante a tarde uma hora que estava ao lado de meu marido, falei em seu ouvido, vc esta com vontade de dar para ele, ele ficou vermelho e disse não amor, é brincadeira dele, eu perguntei e se ele quiser e eu te ajudar vc não vai querer experimentar, ele ficou sem graça e eu insisti, veja não vou deixar de te amar por isso, deixa ele te possuir afinal aqui ninguém tem dono, ele falou nunca pensei nesta possibilidade, mas? Sorri e o beijei dizendo-te amo querido. Falei Pedro o pau dele é grande, mas delicioso não amolece nunca vamos usar bastante lubrificante e vc vai amar ser possuído, ele falou tenho medo, mas tenho curiosidade, insisti para ele topar e paramos a conversa para não perceberem.

Quando a quatro falei acho que iremos embora hoje afinal já abusamos da sua hospitalidade, eles falaram nada disso hoje ainda é sábado temos a noite toda para foder e amanhã o dia todo, nada disso, a não ser que não estão gostando de nossa casa e de nossas fodas. Eu disse esta tudo maravilhoso, mas vcs precisam de privacidade, Roberto falou Paula quando vc e o Pedro vão resolver dar o cuzinho para mim, acho que vc não vai ter este prazer disse Pedro, e ouviu o seguinte; Pedro sabe que vc esta louco para chupar meu pau, e dar o cu para mim, apenas não resolveu por estar frente as nossas mulheres, esta noite vamos dormir os dois juntos e elas dormem juntas também, ai na intimidade vc vai dar o cu bem gostoso para um macho, Pedro então falou em parte vc esta certo, mas preciso estar junto da Paula, para ela amaciar seu pau que é muito grosso e grande, e ai podemos tentar, ele ouviu de Roberto, então se todos toparem vamos agora os quatro para o quarto, se vcs duas quiserem, eu disse sim preciso ajudar o Pedro, e Marlene me falou também vou estar presente estou molhada de tesão por esta conversa, quero estar junto.

No quarto ficamos os quatro completamente pelados fiquei olhando meu marido nu, ele tem um belo corpo, não tem barriga, tem uma bunda deliciosa que me conquistou peitinhos pontudos, sempre foi másculo, poucos pelos no corpo parecia que depilava, mas nunca tentei enfiar os dedos em seu cuzinho, por isso não sabia que ele tinha estes desejos, talvez por isso comia e dormia sem preliminares, pensei vou adorar ver um pau entrando neste cu virgem, e em casa será mais uma foda, comer ele quando a sós, e fiquei feliz com esta possibilidade, pois o amo muito. Marlene estava arrepiada de tesão, Roberto como todo bom macho apenas acariciava seu pau, que estava durasso parecia mais cumprido e grosso, de tanta vontade de comer um cu de homem.

Pedi para Pedro ficar de bruços, pequei o lubrificante e passei bastante no cu de meu marido, e falei para Marlene chupar o pau de seu marido, quando achei que estava no ponto falei venha Roberto ele foi, antes passei bastante ky no pau dele, e falei faça seu trabalho, devagar ele é virgem, Roberto falou será Paula, vamos ver depois te falo e sorria, deitei ao lado de Pedro e falei só vai doer no começo amor, aguente mostre que vc é meu macho querido, e o pau encostou-se à porta do cu, tudo bem lubrificado, quando a ponta tentou entrar os olhos dele soltaram lágrimas de dor, e o macho continuou quando entrou a cabeça que por sinal e enorme ele chorava eu falei quer parar amor, ele disse não quero ser possuído, sou macho linda, e o pau continuava a sua investida no cu virgem de meu homem, estava no meio e ele gemia de dor, e Roberto continuava a posse e disse vou ter três fêmea daqui para frente vão ter de revezar em dar para mim, e o pau entrou todo no cu de Pedro, eu estava com a buceta pingando de prazer de ver aquela posse. Ai ele parou e perguntou posso foder Pedro, ele disse sim me fode logo porra, quero ser fodido completamente fodido. E o pau saia e entrava numa foda espetacular, eu gozei somente de olhar Marlene gemia de tesão tive de abraça-la para ele conseguir gozar somente de ver a foda de nossos machos, foi divino gozamos as duas de olhar e Pedro de ser possuído, gozou no lençol e Roberto gritando disse vou gozar, este cu é delicioso, apertado e gostoso, e encheu o cu de Pedro de porra, ele soltou-se em cima do corpo de sua atual femea, e desfaleceu.

Fui com Marlene tomar banho e deixamos o banheiro preparado para o Pedro, quando entrou vi em suas pernas escorrendo porra e sangue, perguntei esta doendo amor, ele disse sim, mas foi muito bom ter um pau no cu amor, vai me amar menos por isso, eu disse não amor, te amo mais agora que sei que gostou. Roberto chegou e falou sabem foi o melhor cu que comi na minha vida estou satisfeito, pena que não tinha comido antes, que delicia de foda, daqui para frente seremos apenas uma família, sem donos sem rótulos apenas sexo entre nos quatro, falei ainda vou querer ver vc dando o cu para o Pedro, e vc tem sorte o pau dele é menor que o seu, e sorrimos os quatro. Falei no ouvido de Marlene, vou ter de cuidar dele, vc não se importa não é querida, e levei-o ao quarto e passei pomada cicatrizante que tinha levado, pois com medo do tamanho do pau de Roberto tinha ido preparada, após o curativo fomos os dois para a sala sempre nos beijando e ele estava com uma expressão feliz e falou amor, sempre tive vontade de dar o cu, hoje me realizei, perguntei vc vai dar de novo amor, ele falou adorei, mas esta doendo, outro dia vou amar repetir, nunca pensei que fosse tão bom dar o cu.

Quando sentamos para conversar Roberto disse meus amores, que delicia de foda, o cu dele apertava meu pau o tempo todo, foi muito bom sabem, mas ainda falta comer o cu de Paula, eu disse vai demorar um pouco seu pau deve ter ficado esfolado, ele disse sim esta ardendo, mas logo estará bom para outra, eu perguntei vc vai comer o Pedro novamente ele falou sempre que conseguir vou comer amei o cu de Pedro, vou querer ele apenas de calcinhas daqui para frente para esconder o pau e deixar sua linda bunda exposta, que bunda, que cu, que delicia de homem, estou realizado por hoje. Pedro falou gozei sentindo seu pau no meu cu foi muito bom sabe, mas hoje vou comer a Marlene varias vezes para mostrar que sou macho também, e sorriu.

Assim passamos o final de semana entre fodas, beijos, carinhos e muito sexo, marcamos para a próxima semana passar juntos, Pedro falou querem ir a nossa casa, no próximo final de semana, Roberto disse aqui fica melhor é mais isolado e temos suítes para todos, e ficamos com mais privacidade, ao despedir de Marlene a beijei e prometi vir a sua casa sempre ela falou diariamente amor, concordei e quando olhei Roberto beijava a boca de Pedro, pedindo, por favor, Pedro deixa eu te possuir novamente na próxima semana, Pedro sorrindo disse vou pensar e fomos para nossa casa. Ao chegar a casa falei Pedro vc esta bem, ele sentando-se a meu lado disse sabe amor, eu a amo demais, mas confesso que vou querer dar o cu novamente, isso te assusta, eu falei não isto me assanha, adorei ver vc dar o cu, vc foi um herói não gritou nem reclamou muito, confesso que não tenho coragem de encarar aquele pau no meu cu amor, Pedro eu te amo, e vamos continuar sendo sempre marido e mulher apaixonados, vc não gosta muito de foder, mas eu me completo com a Marlene e nos finais de semana os quatro vamos foder de todas as formas, estou amando isso tudo e vc Pedro? Como esta vendo tudo isso, ele falou estou amando, Resolvi somente vou usar calcinhas daqui para frente vc me ajuda amor, eu disse sim querido, vamos comprar muitas então e vamos jogar as cuecas fora, quer assim, ele disse-te amo, vou querer sempre ser fêmea dele amor e macho para vc e Marlene.

Assim terminou nosso final de semana, mas o próximo conto se me pedirem.

Paula


Este conto recebeu 3 estrelas.
Incentive camila paula a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
18/01/2020 04:48:52
Delícia de conto erótico!
15/04/2017 20:13:27
Grupo SECRETO (seus amigos não podem ver) no face sobre o assunto do conto. É necessário APENAS confirmar com o login do face - />
04/04/2017 09:59:48
QUe conto perfeito!!! Adorei toda a cumplicidade dos casais!! Espero que venha mais por aí...
03/04/2017 14:53:41
Nossa, que maravilha. Fiquei de pau duro o tempo todo !!!
03/04/2017 00:38:19
Que delicia!!! Continue logo!!
03/04/2017 00:37:51
Que delicia!!!! Continue logo

Online porn video at mobile phone


porno vidio chupando o cu dotrVecoperdi tudo acabei puta de agiotasxvideofude.mania.noviaconto erotico de neto vai morar com a vovó e mete nelaconto erotico funk peladaXisvidio arebentando a coroafazendeiro me comeu montado no cavalo contos eroticosxvideos predeiro comen patroacontos eróticos reais nnncontosreaispornocontos eroticos de meninos no orfanatoxxx.bundas.melozas.travesticontos eroticos sonhei dando pro genroflagrei minha sogra muanegao da rola gigante com menina burguesinhacuzao da tia vim nao aquentei mobile porncomtos eroticos ninfeta e o velhoas mulheres cm a buceta grande panel de fuscaxvideos.com mulher diz nunca provei assimContos eroticos gueys dando para dotadosconto gay novinho de tramandai.rschule amigo gay conto eroticoxvidio com a frentista panterasmeninas virgens engatada varias vezes com caes na zoo contos eroticoscontos eroticos gay enrustidoflagante de sexo com patricinha de carangolacontos erotico,meu genro me enrrabou dormindopassei o dia usando calcinha fio dental confissões erótica www.vacas cavalas quartudasxvldeos com novlnhasxvideo professora gostøxvideo pinto gigante mais finissimoCachorro cumedor video zofilia pagepau muito grosso arebenra buceta. ela queria fugirxvideos com sena em saiandacontos eroticos sou novinha e vi meu pai fudendo com minha mae e ele tem uma tora gigante e eu provoquei ele ate ele me comer ele me deichou arrombada mas gosei muitoxxvideo n paguei tive dar cu eterogaycumi a putinha da daiane encostada na paredexnxx Gleice novinha de Ipatingaseduzida por um estranho contos pornocontos eroticos minha prima Gabrielagarota misterio cdzinhaxxxxvides filho vai ve sua maie dormindo so di sainhacontos porno scat lesbicoxx videos lesbicas en fando amao no do amigoler contos reais acontecido esse ano de 2017 de maridos que de tanto insistir viraram cornos mansinhobelo sexo dormindo de conchinha com a tia so de calsinhacomida e margarina no cu e na bunda inteira delacasada trepando com pedreiro chiando e gemendo na picaolha amor que jeba gostosapornota doendo gosa logoContos novinha cuzinho depósitoxnxx mulher de traficante fasendo rodizio com muito homemchateou a amiga até ela dar o cu vídeo amador mobile paticinhas perdendo as pregas do cuCONTOS SEXO NO COLOcontos eiroticos leilapornJackson goiaba XVídeos gayfui viajar com minha nora minha buceta ei cu delanovinnha.xmnxo filho da minha patroa ele foi metendo seu pau na minha buceta virgem que sangro ele começou a fuder minha buceta eu gozei ele fundendo minha buceta ele gozo dentro da minha buceta ele começou a fuder meu cu virgem ele gozo dentro do meu cu quando eu sair do seu quarto minha patroa me frago eu saido do quarto dele minha patroa disse pra mim que eu ia ficar grávida do seu filho conto eróticomae e fiha no swing contocontos eiroticos leilaporncontos eroticos tirei a virgindade do meu ermao bem novinhomiaesposa.trepanucontos da julia gorda pornodoido pesso para dormir por que tenho medo de trovõescontos erotico casada puta na faveladoscontos meu amigo flagrou eu comendo minha tia e quiz tambemfudendo a mae dormndocincesto irma dando pro proprio irmãzinho novinhoxvideospornô doido comadre entre pica grande negãoconto sou rabuda e fui encoxadadei o meu curzinho com lubrificantes ao meu cunhado contos gayCONTODE INCESTONU CUconto erotico eu e meu pokemon treinado 3contos erotico flagrado pela a sogra no banhoEGUA FUDENDO COM HOMEM GOZANDO E ABRINDO A BUCETA E RINXANDOfilme pornô lésbicas suando nariz na cara da outra Tirando catarropca groca cabecuda gozando dentro video pornomeu marido me pediu pra chupa outra rola contos eróticosfiltrados xvideos cao fode minha irma a forcaxvideos sobrinhopega tio de pau duroporno de lobo mal gozando muito no cu da ovelhinha bundudawww.meu tio mepego na casa de praia sozinha comto erotico.comconto pelado filho pai zdorovsredaporno serena ali doeuZefa doida você tá aqui de novo olhando na casa dela pornôcontos eróticos minha esposa benzido pelo pai de santoconto gay o meu sonho de consumoincesto filho fudeu buceta mao de pois que pai viajo contos eroticogay estuprado por amigos. contos eroticosporno/atigo/ver/novinha/sematutamdo/com/causimhacunhada e esposa admiradas com o tamanho da piroca do cunhado pauzudo,contos e relatos eroticos