Fiz um teste de fidelidade com meu padrasto a mando da minha mãe Parte 1

Um conto erótico de Porno Quente
Categoria: Heterossexual
Data: 20/02/2017 12:33:11
Última revisão: 21/02/2017 17:46:56
Nota 8.33

Olá a todos. Me chamo Elisa, e o que passo a relatar aqui, tem acontecido nas ultimas duas semanas. Mas quero que saibam que não me orgulho nem um pouco disso!

Moramos numa cidade aconchegante aqui nos Estados Unidos. Viemos pra cá quando ainda éramos criança. Hoje falo inglês fluentemente, mas também domino bem o português, como podem ver.

Tenho 19 anos, morena do cabelo bem negro que vão abaixo dos ombros. Magra, com tudo no lugar, tenho um namorado que amo demais e estamos juntos a pouco mais de dois anos. Vou me casar com ele. Moro com minha mãe, e meu mais novo padrasto e é justamente ele o motivo desse meu relato!

Minha mãe é uma mulher bastante desconfiada, meu pai faleceu e deixou tudo pra ela. Desde então, ela acredita que todo homem que se envolve com ela, é por causa de sua grana e não por ela. Tem tido até acompanhamento psicológico e, não tem sido nada fácil! E é exatamente ai onde tudo começa. Minha mãe é uma grande fã minha, sempre me elogiando, dizendo que acha difícil algum homem resistir a meus encantos, pois eu consigo combinar a beleza e tesão de uma forma, que isso é sentido a distancia... Estávamos eu e ela lanchando no shopping quando ela disse estar com muito medo de se casar novamente. Embora ela amasse muito meu padrasto, isso não era o suficiente. Já que ela teve um grande trauma com meu pai antes de sua morte. Ela foi traída não uma, mas várias vezes. E isso a faz crer que todos os homens são iguais.

Meu padrasto é um cara normal. Tem seus 52 anos, nasceu e cresceu aqui. Não fala se quer uma palavra em português, costumo brincar que quando quero xingar, posso fazer sem medo, pois ele jamais entenderia mesmo. Ele sempre me respeitou e também nunca tivemos qualquer tipo de indício que alimentasse o medo de minha mãe.

Como eu comentei acima, moramos eu, ela, meu padrasto, mas eu tenho um irmão, que até pouco tempo atrás morava com a gente. Nós três. Porém uma tarde dessas seria a última de meu irmão conosco. Ele viajaria para um intercambio, e voltaria apenas no ano seguinte. Talvez isso tenha encorajado minha mãe a tomar duas decisões.

A primeira? Levar meu padrasto pra morar em casa por definitivo, já que seria bom ter um homem pra cuidar da casa. A situação financeira dela, é de longe bem melhor que a dele. Então, faz muito mais sentido ele ir pra casa, não o contrário...

A segunda? Ela queria testá-lo. Disse a ela que isso era desnecessário, pois a paranóia dela ia acabar estragando o lance dos dois... Mas foi a mesma coisa que falar com a porta. Ela quando põe algo na cabeça, não há quem tira.

Passaram-se dois dias e ela foi até meu quarto e com todas as letras disse que não havia desistido da idéia de testar meu padrasto e, pior! Iria precisar da minha ajuda...

Minha ajuda? Como assim? Eu de começo achei que ela estivesse mesmo era brincando, mas não. O negócio era sério como eu temia.

Você precisa seduzir ele, apele se for preciso. Foi esse o pedido que ela me fez.

No princípio a idéia era agir quando estivéssemos apenas eu e ele em casa. Andar de shorts curto. De micro saia e sem calcinha. Falar de sexo com ele, sentar em seu colo... Valia tudo. Se ele resistisse aos meus encantos, ele seria digno de fazer parte da família! Minha sempre disse que pra um homem não querer me comer, só se ele for veado. Então vamos descobrir o que vai ser...

No primeiro dia, minha mãe com o pretexto de renovar o guarda-roupa dele, saiu logo cedo e foi pra cidade vizinha. Mas antes passou em meu quarto e me deu a ordem.

Levanta, que ele já está de pé, faça tudo o que combinamos sem medo. Ele é o alvo!

Nisso eu estava de joelhos na cama, minha mãe num movimento mais brusco me virou e baixou meu shorts do pijama e disse.

- Vamos ver o que temos aqui?

Eu usava uma calcinha de algodão, que eu achava super confortável pra dormir.

- Argh. Que isso minha filha? Veste algo que de a ele vontade de te estuprar, veste uma calcinha fio, ou anda sem, sei lá. Só tira esse negócio.

Me deu um tapa de leve na bunda e saiu rindo.

Definitivamente, minha mãe estava ficando louca...

Vesti uma calcinha preta fio, toda enfiada na bunda, uma camisa que é do meu irmão, mas as vezes gosto de usar como camisola, cobre male má minha bunda. E desci. Já que era pra brincar, então vamos fazer direito.

Na cozinha, fiquei de costas e senti sua presença, me fiz de desentendida e me desculpei pela roupa. Que havia esquecido completamente que ele estava em casa. Nisso ele disse que tudo bem, pois até que eu estava com bastante roupa... Meu Deus. Minha mãe estava certo, o cara é mesmo um tarado. Sai correndo dali e o evitei o resto do dia. Afinal de contas, trair meu namorado está totalmente fora de cogitação... Principalmente com um velho!

Minha mãe chegou horas depois e ficou furiosa comigo por não ter feito como ela pediu.

Eu repeti pra ela cada palavra que ele me disse. Eu estava praticamente só de calcinha em sua frente e ele disse que eu estava com muita roupa... Que tipo de prova ela queria?

Inexplicavelmente minha mãe se demonstrou chateada, evitou falar comigo e aquilo me deixou triste. De noite o Lucas veio em casa. Meu namorado. Ficamos no meu quarto, como sempre ficamos nos amasso. Ele tem um beijo ardente, gostoso e tem pegadas forte. Ele nem precisa fazer muita coisa pra me deixar excitada. A presença dele já resulta nisso. Sou completamente apaixonado por ele. E a idéia de me exibir para outro, nem que fosse por uma causa justa, me incomodava bastante.

Meu namorado tem o corpo atlético. Lindo e gostoso. Seu pau não é nada anormal, tem 17 centímetros e ele consegue me proporcionar orgasmos intensos. Eu estava de quatro sendo fodida por ele, minha cabeça estava enfiada entre o travesseiro e a cama. Num movimento eu me virei e acabei ficando com a cara virada pra porta e nessa hora eu vi alguém nos observando. A imagem era bastante confusa. Mas tinha certeza que minha mãe não se prestaria aquele tipo de coisa. E dessa vez eu estava convencida de que meu padrasto é meso um insano...

As coisas transcorreram no restante da noite. Pedi que meu amor ficasse em casa, mas ele não pode. Despedi-me dele com um beijo apaixonado e fui me deitar. Tentar dormir ainda atordoada com o que tinha ocorrido.

Na manhã seguinte, chamei minha mãe e falei pra ela o que acontecera. Que havia percebido alguém me assistindo enquanto transava com o Lucas. Ela disse que sabia, pois havia surpreendido meu padrasto pendurado na porta do meu quarto. Mas que isso não provava nada. Ela queria algo mais concreto e disse-me estar abruptamente chateada por eu não querer ajudá-la... Discutimos, chamei ela de louca e disse que se ele ter me espiado, ela viu tudo e se esse não seria um bom motivo... Perguntei o que ela queria? Vai esperar ele vira pra cima de mim e tentar me comer pra senhora se convencer de algo?

Foi quando que, para meu espanto ela disse sim... Que só estaria convencida se ele fosse pra cima de mim.

Eu deveria ter ficado furiosa, mas me desmontei quando vire pra ela a surpreendi chorando. Em seguida me acusou de ser egoísta, pois eu sabia do problema dela, do pânico que ela tinha e a extrema dificuldade de confiar em um homem. Ela disse que o amava, mas que estava sofrendo com todas aquelas dúvidas...

Nessa hora eu sentei, abracei minha mãe querida e disse que aceitava. Se aquilo faria ela sentir-se bem, eu estaria disposta a qualquer coisa! Nos mantivemos abraçadas e ela só fez me agradecer.

O teste foi feito dois dias depois, tudo arquitetado por ela. Eu deveria ser radical nas minhas ações. Ficar pelada em sua frente se fosse necessário. Pegar no pau dele, pedir pra ele me comer... Ela disse que depois disso tudo mudaria. Se ele não fizesse nada. Ela seria eternamente feliz ao lado dele. Se ele não resistisse e me comesse. Seria bom também, pois assim ela evitaria dores e decepções futuras...

A exemplo da outra vez ela saiu, nos deixando sozinhos. Me deu um abraço gostoso e disse que sua felicidade estava em minhas mãos. No fundo eu estava feliz por poder ajudar minha mãezinha que tanto amo... Antes de sair ela fez questão de esconder uma câmera na cozinha. Para captar tudo e qualquer ação que viria ater...

De agora em diante, encerro minhas escritas e deixo-lhes a gravação para que entendam e veja m como tudo aconteceu... Perdoem-me por algo. Precisava partilhar isso com alguém...

Só lembrando que tem continuação, logo mais eu volto com o desenrolar total disso tudo. Tem coisas ainda acontecendo...

Abaixo o link do vídeo. Não é vírus, podem clickar sem medo...

Copiem e colem o link abaixo no seu navegador para ver o vídeo>>>>>

/>

BOAS GOZADAS!

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
03/03/2017 09:52:14
Que vídeo ?
21/02/2017 04:44:00
Não existe video nenhum nesselink.
21/02/2017 04:37:34
Ate agora um bom conto gata,espero pela continuação, ah q tal nos falarmos no skype se VC tiver,segue aq o meu skype:edgarturbo1
21/02/2017 00:41:00
Estou gostando muito. Continue fiquei animada.
20/02/2017 23:17:52
Gostei do Conto!!!! Continue!!!!
20/02/2017 22:49:49
Eu não vi o vídeo pq o site não me inspirou confiance e é verdade que vc devia ter contado o que aconteceu por isso não noto pq não foi acabado aqui
20/02/2017 13:12:49
É eu vi o vídeo é tau, mas seria melhor você terminar de contar seu relato aqui, pois quero saber o que aconteceu depois de tudo e séria mas interessante contar como rolou entre vocês também, é muito melhor do que ver o vídeo.

Online porn video at mobile phone


assistindo um filme no sofá chupando uma rola grossaconto eróticocontoseroticos maninho nao faz vai doeSapeka xsvidiocontos de crossdresser forçadoela conseguiu agasalhar uma rola de 30 cm e grossa na xanaeu queria dar minha buceta e meu cu pro amigo solteiro lindo do meu marido eu liguei pro celular dele eu marquei um encontro com ele eu raspei minha buceta eu fui me encontrar com ele eu entrei dentro do seu carro eu dei um beijo na boca dele eu disse pra ele eu quero ir com você pro motel ele me levou pro motel eu e ele dentro do quarto eu dei um abraço nele eu dei um beijo na boca dele eu tirei minha roupa eu deitei na cama ele chupou meu peito ele disse pra mim sua buceta raspadinha e linda eu disse pra ele eu raspei minha buceta pra você ele começou a chupar minha buceta eu gozei na boca dele eu peguei no seu pau eu disse pra ele seu pau e maior e mais grosso que o pau do meu marido eu chupei seu pau ele começou a fuder minha buceta eu gemia no seu pau ele fundendo minha buceta eu gozei eu disse pra ele fode meu cu conto eróticoencoxatrix no onibuscontos de surubas inesperadas com esposacoletânea de gozada dentro da buceta pausado nocontos gays de incestos.com- pai machão dominad come filhomenino passivinho gayXVídeo mulher desagrada para gozar e g****** toda horanao devia mas fiz sexo com meu filhoComtos namoradas fodidas por velhosporno conhecendo minha primacontos eiroticos leilapornmenina mãeporno da parra doi caracontos eroticos com viuvas ricas e sedutorasfaminta engole a piroca do padrastoconto erotico esposa traida se vinga e da seu cu virgem pra dotadowattpad contos incesto fui estrupada pelo padrastoistorias eroticas de insesto filias mas novinas y pai en la rosa o facendacontos eroticos curiosao professor me comeupadrasto ver a novinha nua e ficabatendo punhetaai ta doendo maninho.comcontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgeamenina do cu arrobado pelo negrao e gritandoconto de comendo cuconto erotico 5dias de putaria com dona de casa puta marido cornome fode seu desgraçadopulheta cueca apertadanovinha bate punheta para o cunhado por R$10,00desfile de novinhas de fiu dentausogra gostosa seduziu jenrro e chorou com vara no cuRapaz bem pauzudu metendo toda d4 na escolacontos eiroticos leilapornmulher pensa que a amiga é mulher mas é um travesti com um pau bem groso e vai dormi com ela em casa e acaba temo um supresa e transa pornocontos eroticos de tio,sobrinha e a amigabonequinhacontoscontos erotico pomba gira me fez putacasa dor contos erotica corno manso fingi dormirgosando vom o cachorrocontos eiroticos leilaporncontos eiroticos leilapornver video de mulheres sentando e amaçando latinha x videocontos eroticos peguei uma meninaminha irma chorou quando tirei seu cabacinhofudendo com a sogra querida enquanto ela faz faxina porno doidoNovinho dotado fudeu a bucetinha da mocinha e arrancou as pregas do cursinho delamulher que gosta de ser encostada no ônibus contosvovo costosa ta xipio neto sexoxxx.bundas.melozas.travestiporno negra Eunice gostosasexo fiocado paixvideos putaria hd agaxadas sem calsinha provocando gozo do marido broxaconto eroticos gay estuprado na festagozou muito na buceta da irmã nascendo peitinhos a buceta nem cabelo nasceu nadabumbum a mainha não me bate no bumbum Sítio do pica-pau AmareloContos eroticos bofinho machinhoPeitao bicudo sendo chupado ebucetinha molhando search sexomamaes com shortinho folgado entrando na vara pornocontos eiroticos leilapornvi meu primo batendo uma punheta e fiquei louca contoxvideo estrupada dijunto do cornovidios porno mae dilinhodesviginando dua maninhamulher dano a buceta e irmao olhando pela fechaduraxvideos homem chamando a vanusaminha tia viu meu pau eretocontos eroticos virei corno contra minha vontadeVer garotos com 16 cm de picaxvideos mulher bunda grande gostosa da mulestraminha mulher é eu fomos enrabadoscontos eróticos chifrexvideos chm shortinha curtinhovelhocasadacornoNELAEILA