Dei para o vizinho tarado e mais velho.

Um conto erótico de pthycrazzybitch
Categoria: Heterossexual
Data: 18/01/2016 00:59:06
Última revisão: 26/08/2017 20:06:57
Nota 9.89

Eu nasci no RS e moro aqui até hoje, mas era de uma cidade do interior, ou melhor, morava em fazenda quando pequena. Não vou especificar a idade mas já na pré -adolescência eu comecei a brincar de se tocar com meus primos que moravam próximos em casas na mesma fazenda, e logo já tava dando a bocetinha e minhas primeiras gozadinhas nos paus dos meus primos taradinhos rs. Mas com os primos inexperientes não rolou nada tão legal e comecei a enjoar dos pauzinhos pequenos deles e comecei a imaginar como seria meter com um macho grandão de pau grosso, e minha bocetinha molhava imaginando meus tios me fodendo rs.

Para a minha surpresa, um certo tempo depois andando perto da cachoeira com meus primos, nos vimos algo que nunca saiu da minha cabeça naqueles dias, um vizinho nosso no meio das árvores com as calças abaixadas e o pau duro na mão se masturbando, e com a outra ele acariciava o saco, nós ficamos espiando de longe até que ele soltou uns gemidos de prazer e deu uma gozada gostosa espirrando uns cinco jatos de porra bem grossa com aquele pauzão grosso e cabeçudo. Não esperamos ele sair e quando ele começou a Erguer as calças nos saímos logo.

Óbvio que depois disso ficamos excitados o dia todo e tivemos que meter gostoso até gozar, tive que dar a bocetinha para os dois priminhos tarados até deixarem ela toda gozadinha rs. Mas claro que isso só serviu pra me deixar mais curiosa ainda, depois desse dia comecei a pensar em como dar para aquele vizinho sem ninguém por perto. Devo dizer que nessa idade eu ja era bem gostosinha de peitos medios e bunda empinada, não achei que seria problema a minha idade naquele momento. Fui sozinha na cachoeira uns dias esperando encontrar o tal vizinho e nada.

Depois de uns dois meses eu já meio que tinha esquecido tudo isso, e fui na cachoeira numa tarde quente de uma terça feira, sozinha pois meus primos estavam na cidade com seus pais, entrei na água peladinha pois achei que não iria aparecer ninguém naquele dia assim como nos outros, e aí mais uma surpresa, depois de nadar um tempinho, parei para descansar e reparei melhor a minha volta, quando vejo aquele mesmo vizinho a uns metros da margem da água, em meio as árvores, batendo punheta enquanto me observava. Não sei se senti mais medo ou tesão naquele momento, não sabia se ia embora ou ficava, então decidi fingir que não estava vendo e provocar ele até ele reagir de alguma forma. Assim eu fiz, comecei a passar a mão na bocetinha alisando o grelinho e com outra mão alisava o peito... E começou a me dar muito tesão nisso tudo. Quando eu vejo, ele começou a se mover para a minha direção e eu fingi me assustar, fechei as pernas e agarrei meu vestidinho cobrindo os peitos e a bocetinha de frente. Ele chegou perto e disse:

- Garota não se finja de boba, eu vi que tu me viu ali e depois começou a alisar essa bocetinha...

Nesse momento deu um pouco de medo, mas reparei bem na aparencia desse tal vizinho, ele parecia ter uns 35 anos, 1,75 de altura, era branco, não era tão bonito mas era bem viril e Safado.

Nisso tudo nem respondi nada, só tirei o vestido de cima, ele abaixou de novo as calças e eu ajoelhei na pedra lisa da cachoeira, já etendendo o que ele queria. Nesse momento ele chegou perto e disse:

- Mama nesse cacete sua putinha gostosa, o titio vai te dar bastante leitinho de tu mamar direito, vai....

Eu mesmo meio sem jeito com aquele pau grande, comecei a punhetar de leve e depois chupar a cabecinha, logo tava mamando até a metade, com uma mão punhetando e a outra massageando as bolas. Ele gemia e me xingava:

- AHH isso vadiazinha aaahh, gostosa do caralho mama gostoso que vou te dar leite, vai aahhh que tesão...

Mamei gostoso até ele forçar minha cabeça e jorrar muita porra dentro da minha garganta e eu engoli tudo sem engasgar.

Depois de gozar gostoso na minha boca ele sentou do lado onde eu estava ajoelhada e disse:

- Gostou do meu leite?

Eu apenas acenei com a cabeça que sim, e ele continuou:

- Você tem uma boca deliciosa, é uma putinha gostosinha pra caralho... Mas agora quero mamar nesses peitos gostosos que tu tem, vem no meu colo vadiazinha.

Eu que já tava molhada com a bocetinha doida pra dar, fui sentar peladinha no colinho do vizinho Safado rs. De frente pra ele, começou a mamar gostoso nos meus peitos e eu rebolava de prazer e tesão naquela rola ainda mole, que delicia de chupada que ele dava nos meus peitos, eu tava com muito tesão e o pau dele começou a ficar duro de volta, logo ja senti ele bem duro enquanto esfregava o grelo nele... Quando o vizinho disse:

- Senta no meu pau vai vadia, sua bocetinha aguenta meu pauzão? Se não aguentar vai ter que aprender...

Não precisou falar duas vezes, sentei naquele cacetão duro de vagar, e começou uma dorzinha deliciosa enquanto entrava aquele pau grosso, que delicia de pau, nesse momento eu comecei a me soltar e fui gemendo alto e falando:

- Aii que delicia de pau aahh que pau grosso delicioso...

Ele sentindo a bocetinha mais apertadinha que metia há anos, começou a falar:

- aah que bocetinha gostosa, sua putinha safada, já perdeu o cabaço mas essa bocetinha é uma delicia, senta gostoso que logo vou querer foder ela forte...

Sentei até o fim e ele me deu uns min pra acostumar com aquele pau grande, enquanto mamava meus peitos, e me deixava mais cheia de tesão ainda... Depois desse tempo ele disse:

- Agora rebola e pula nesse pau, vai sua putinha, eu sei que você ta louca pra dar uma gozada no meu pau, vou te encher de porra também...

Obedeci e comecei a me mover de vagar, rebolar e pular até começar a meter forte, já saia muito mel da minha bocetinha e ele apenas mamava meus peitos gemendo abafado, que delicia de pau, quanto mais ele ficava com tesão mais forte ele mamava e gemia e eu comecei a também gemer com uma voz manhosa de gatinha no cio rs . Não demorou muito eu estava gozando gostoso com aquele macho me mamando e metendo o pau grosso da minha bocetinha apertadinha, gozei gemendo e segurando sua cabeça contra meu peito. Em seguida ele sentindo minha bocetinha pulsar e contraie, gozou litros de porra dentro dela dizendo:

- aahhhh ahhhhh que bocetinha deliciosa aaahhh sente minha porra jorrar nela sua puta, ta gostoso? Ta vendo o que tu fez eu fazer? Enchi sua bocetinha de leite.

Ficamos assim até o pau dele amolecer dentro de mim, depois disso, ele terminou de tirar a roupa e entramos na água para nos limpar, não falamos nada. Ao sair ja vestidos ele disse para o encontrar na cachoeira de novo na próxima terça no mesmo horário.

Obrigada por ler meu conto, e não deixem de comentar aqui em baixo, esse é meu primeiro conto então ignorem se conter alguns erros.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
19/01/2016 04:13:11
Muito bom, li os dois
18/01/2016 23:23:52
Exelente
18/01/2016 16:29:33
Muito bom de se ler, pode escrever os outros!!!
18/01/2016 10:20:06
Obrigada a todos! Beijos
18/01/2016 08:57:50
Ki delícia bem Safadinha entra em contato..
18/01/2016 08:26:47
Excelente!! Desde novinha ja cachorrinha...nos conte mais. Bjs
18/01/2016 06:46:02
Bom, mas aprende que tem q ser sexo seguro.
18/01/2016 03:27:29
Que bom. Foi legal.
18/01/2016 01:48:45
Excelente conto"" Escreva mais.

Online porn video at mobile phone


brincando de namorar contos gayscontos erotico dei o meu cu a forca pro pedreiro caralhudocontos meu primo gordinho foi dormir comigo e comi o cuzinho deleGlory hole em banheiros publicos conto realdescabacei a buceta da crentizinha magrela a fora - contos eroticoszoofilia no Congo pesadaContos erotico gays moto boyxvideos biscate rachando o cu e a buceta com varioscontos tatuape primeira bucetaconto erotico gay crentecarolzinha santos com muito putaria trepanosignifica sonhar que estou de sutiã e tanguinha dentro de casa e depois me sinto vergonhacontos de sexo minha mae sento no meu coloxvidegostocontos eroticos GAYS,irmão postiço parte 2contos de sexo depilando a sograxvideo nao aguentou o cavalo da pica gigante e tentou correr mais ficou encurraladacontos gay Mandou eu esperar vestido de putinhapai comeno afilha bricanotaveti e lebica nocusaocontos eroticos safados de professoras madurasgorda bem rabuda sinturada novinhaobrigacao mulher tira roupa e abre as pernas conto eroticoPapai rasgou minha bucetinha ainda menina contos de incestocontos de sexo depilando a sogradesamarrando o biquibi e depois comeu a buceta deoilada xvideoshistórias reais de pedreiros que fuderan as mulheres do patrãoxxvidio casada do jorroContos eroticoseu minha esposa e minha sogracontos erotico,meu genro me enrrabou dormindointiadinha so vestidinho limpondo casa pornosonho meu sobrinho transado comigotravesti com fiadinhocervepono.commulhe.michando.eigual.homem.que.tem.um.grelao.que.prece.uma.rola.que.ela.bati.punheta.igual.homem.e.goza.espurrando.porra.fota.conto chupou minha bucetinha e pigou vela patriciane transando gostosaminha esposa amamentando o vizinho pornôginecologista dilatando o cuzinho dá mulher pra gozar dentrocontos da queli tezudinharapais de academia mostrando o pintauContos e relatos incesto 12anod minha vó me ensinou a gostar de cu e buceta pirocudiconto erotico gay exploradorpadrasto e tio negros de 40cm com intiadaPorno contos incesto maes ensinam suas meninas como chuopar bucetas paus dos pais dar os cuzinhiosemcoxando a novinha de sches e saiafotos pes tezudos femininosporno gey contos eroticos pegando priminho inosente no riachoconto sexo corno pinto grande grosso na mulherhomem nu vi fugindo de cachorro dentro de um quartos com uma mulher so com a vaginas do cu de fora aí eles fazem sexoxsvidio o laniocache:ldh9BdSAKNMJ:gtavicity.ru/texto/201703301 contos eroticos fode Frouxohttp://comto erotico massagista erotica colocando dedo no c da menina virgemcontoerotico eu namorada mae e tiocoloquei um fil dental e dei meu filho video pornocontos eiroticos leilaporntravesti com fiadinhomulher gorda se masturbando e g****** e gritando no meio do pitiúconto erotico putinha cine pornokomendo kuvirgenslindas nalvinhas 1000fotosnovinha de shortinho curto mostrando polpa da bunda pro papai fodelascontos eiroticos leilapornxxvvidio brazeiro do gemidocontos eroticos nl cinema hxh passando a mao na picaalavancas e magrinhas no XVídeos mobileSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhacontos erotico meu filho me bateu e botou moralconto gay em cima de uma arvorecenasexocom visinhacontossou safado como minha maeicvidiopornoapaixonado por dois brutamontes da faculdade 12fotos de casal gay dormindo pelados agarradinhos wattpadCorno humilhado na lua de melrevelação de filme pornô com minha mulher transa com meu jardineirograças a um cano estourado comi minha irmãxixvideo que machucou e nao deixou eu irxxvideo vibrador dentro do cuzinho vibrandoconto erotico magrinha negaoConto erotico de adorecente batedo punhetaContos eróticos de gozada na boquinha da madameseduzi meu vizinho com meu seios sou novinhaconto erotico gay o policial e o garoto marrento #14fotos de sexuisualeu vi meu genro batendo pueta na minha calcinha usadapornodoidozoofiliacavaloContos sempre fui o viadinho de todos os homens da familiamulher passar margarina ela pelada e no cu bem gostosocontos eroticos gay bebado