PAIZÃO OFTALMOLOGISTA - REMOÇÃO DAS CATARATAS DO OLHO DO MEU CU - 01/03

Um conto erótico de MACHOFUK
Categoria: Homossexual
Data: 07/06/2014 05:26:41
Última revisão: 10/09/2014 00:36:04
Nota 10.00

Depois das imorais, porém deliciosas estocadas de pistolas que ganhei de meu pai, descritas em SUPOSITÓRIO DE PAI I E II, sempre queríamos mais.

Nossa imaginação era bem fértil e quanto mais fantasiávamos, mais tesudas eram nossas fodas.

Meu pai era alto, moreno, simpático, bagudo, caralhudo, tesudo e imensamente desbocado. No auge de seus 46 anos possuía um corpo forte, braços e pernas grossas, sovaco e bunda peludos e era dono de belíssimos cabelos lisos. Nesta época começava a ficar grisalho e estava em pleno vigor sexual. Era também um engenheiro muito bem sucedido e competente.

Assim que terminamos nossas primeiras fodas, conversamos, assumimos nossos tesões, resolvemos que não deixarÍamos pudores sociais ou religiosos interferirem em nossa relação o que de fato nunca aconteceu.

Desta vez, fomos brincar de médico.

Papai era Doutor Tenório, um renomado oftalmologista, especialista em cirurgias de cataratas de olhos de cu.

Eu, o paciente portador desta inovadora e desafiadora enfermidade anal.

Na superfície de uma pequena mesa que decorava meu enorme e arejado quarto, papai abriu uma pequena maleta de onde retirou, uma grande seringa de vidro (aquela do conto TURCÃO PELUDO E SUA FANTASIA DE ENGRAVIDAR CU DE MACHO), uma lupa, aparelho e creme de barbear, um tubo de vaselina ( vaselina, foi ideia minha, era doido pra levar, rola com meu cu todo besuntado daquele emplastro antiquado), dois talheres e três bolas coloridas menores que bolas de sinuca.

De mesa preparada, papai despiu-se ficando apenas com uma cueca branca com aberturas laterais, que contrastava com seu delicioso corpo moreno.

Me vesti apenas com um avental de cozinha de minha mãe, também na cor branca e fui me consultar com o cirurgião papai, que extrairia toda a membrana anal que estava impedindo meu cu de engolir rolas.

_ Dr. Tenório, depois de ser ouvinte de meu macho, a respeito de meu rabo, preciso que o Sr, seja bem sincero comigo. Meu problema é grave? Tem cura?

- Sr. Frederico, devido raridade de seu problema, este é meu primeiro caso, mas acredito que devido a minha experiência em outros casos raros e interesse em tratar problemas nas bundas de machos, poderei não só orientá-lo como também curá-lo. Acredito que o Sr. sairá daqui hoje, sem seu incomodo: o cabaço de seu furico. Porém, para meu parecer final, será necessário um minucioso exame local, ok?

- Diante dessa abominável camada elástica que até hoje me obrigou a ter cu virgem e diante de tanta vontade de sentar numa rola, coloco-me inteiramente em suas mãos, dedos e língua, doutor. Faça o que for preciso, ok?

Claro que nessa altura da "consulta", nossas varas já estavam completamente rijas e babando fios enormes de pré gozo.

_ Sr. Frederico. Por favor deite-se na cama em posição de galeto assado, abra as bochechas das nádegas com as mãos, arregaçe esse toba o máximo que puder, que vou começar meu exame.

Sem mais delongas, obedeci e me arreganhei tanto, que a olho nú podia-se enxergar quase a metade de meu canal retal.

_ Primeiro examinarei apenas a cor, o tamanho e o cheiro de sua membrana "cuzal", depois precisarei aprofundar o exame, utilizando instrumentos "oftálmicos" para recomendar seu tratamento.

- Peço-lhe ainda, que me relate tudo que sentir durante nosso exame, assim como também relatarei minhas observações acerca dessa "raba" cebeluda deliciosa, que o Sr. possui. Vou começar, ok?

Dr. Tenório segurou a lupa, observou, observou e relatou:

- Bunda branca, cu cheio de pentelhos fartos e grossos. Cabaço intacto ( neste época não sabia nem onde minhas pregas tinham se perdido), pregas anais rígidas e com certeza virgens. Essas vou adorar remover.

Mesmo explodindo de tesão, não sai do personagem. Apenas exibia a bunda bem aberta para papai, que no papel de Dr. tenório, continuava minha análise retal.

- Agora internamente Sr. Frederico, vejo um canal retal bem sujo e com muita merda acumulada que precisa ser removida antes de minha intervenção final. Vou preparar os instrumentos para sua limpeza anal. No entanto já posso lhe assegurar que é caso de cirurgia e a notícia boa, é que posso arrancar esse cabaço por completo na sala ao lado (meu quarto possuía um arejado e bem iluminado banheiro, uma bela banheira e um enorme espelho que refletia as imagens de todo o seu interior). Assim que terminar seu desvirginamento anal, poderá ser torado quando e com quem quiser. A propósito, meu querido paciente, pretendo alargar bastante esse buraco, para que qualquer piroca possa invadi-lo sem que o Sr. sofra muito.

- Nossa Dr. Tenório, quero começar imediatamente.

- Me acompanhe, Sr. Frederico. Por aqui, por favor. (neste momento ganhei um tapa bem tesudo na bunda)

Papai pegou a mesa com os os objetos que invadiriam meu anelzão banguelo e depositou-a a beira da banheira, onde aconteceria todo o resto daquela deliciosa putaria.

Nossos caralhos no meio daquela fantasia verbal e safada, estavam duraços e loucos pra vomitar porra, porém havíamos combinado segurar nossos tesões, até o final daquela sacanagem incestuosa.

Entramos na sala de cirurgia e fui orientado a me ajoelhar na maca ( a beira da banheira, que nesse momento pra minha surpresa e conforto já amparava duas pequenas almofadas, para apoiar meus joelhos).

CONTINUA...

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
18/04/2018 01:12:39
PORRA!!! QUE TESÃO!!!
10/06/2014 02:54:48
Isso mesmo. Sugiro que esse macho seja um tio... ou um padrinho... Sei lá... deixo a critério da sua criatividade MACHOFUCK!
07/06/2014 09:39:08
Que Putaria Tão criativa e gostosa, parabéns otimo conto, mas vc poderia em um outro conto la na frente um outro cara na sacanagem tipo o pai trazendo um maxo pauzudo pro filho. :)

Online porn video at mobile phone


conto erotico meu marido gio o pau enorme do seu cunhado para meu cu e minha buceta eu fiquei toda larga e arrombadaxisvidio amadores de auguen metendo a forçaContos de papai e mamae sempre examina minha xotaxividio ele vai na cMa come o cu dela dormindocasadas traidora não aguentou a jeba grande e se arenpendeu caiu na netnegão pé de mesa hein fia 40cm na gordax vudeos amador ficou asustado cuando sentiu aporra quente dentro da bucetafilha pega mae fodeno com 40cm de rolacontos eiroticos leilapornmassage nela e na buceta da nifestihafis sex com minha visinha xvideo no becoconto de tio viu a sobrinha peidando e ficou com muito tesao no cu da sobrinhacontos eróticos sogras Grávidas contos eróticos suportando três cacetes com carinho e amorComendo a garotinha contos eriticovizinho a aline contos eroticoseintiada transano con seu padrasto ei vido caserotia e.ncina a novinha perde o cabassinho O doce nas suas veias (Capitulo 17) Autor Vamp19frase wm e se ela cansa de senta com a buceta manda essa putq descansa com a bundafoto de mule mo penuacao nuagarotas punhetando incesto onlinecumendo a mulher do cunhado no carro xvideoxvideu gomendo sogra gotihaschupando o cassetao do viado gay dos peitaocontos eroticos malv comendo as interesseiracontos dei para meu cunhado marido da minha irmãcontos eroticos sete anoscontos eroticos sentei no colo do pirralhotirano cabaço da menina no mato gritano de dorcontos eiroticos leilaporncontos eiroticos leilapornXvideo xaZinhomenina buceta pequena apertada virgem intocadacontos minha sogra anda de camisola pornô de Salvador Fernanda raspando a b***** pela primeira vezEu tava em casa com meu amigo no sofá ai minha esposa saiu do quarto peladinha ai ela deu a buceta a nois dois casa dos contoscontos eróticos menina de 23 anos transando com cachorro com calcinha preta com lacinho vermelhofilme pornô de pais brasileiros transando com as suas filhinhas dopados com soníferomasturbando na cama serrando com travesseiro pornodoidovideo na praia de jericoacoara ceara sexo porno na praiapiroca no chorteVideo ao vivo de putaria profissional de velhas gostosas saboreando fundo na vagina o pau pretome vesti calcinja e sutia e dei a roda contovideo porno papai leu a filha que estava de férias pro sitio e fudeo novinhanovinha.du.bucetao.inxadu.fudenofotonovela fodendo sogra e cunhadavideo gozano na cueca slipcontos eiroticos leilaporncrossdresser marquinha de biquini contospornô doido corno Deixou o cara comer sua esposa e seu cuzinho na sequênciaXVídeos coroa do escritório cabeludo tocando seg****** de esguicharmasis foto de vidioporno diferenteContos eroticos bofinho machinhoqueiro ver video de porno fodendo as intiadasbucetinhaentroutudotranzando com pirocudo no chafaris no pornodoidonovinha se torce ao entrar rola gigantesca nelacontos eroticos so cabecinhazoofilia no CongoContos eroticos patricinhas transando com namorados das primas e engravidajogando video game pelado conto eroticoloira gostosa foi mandar comsertar ou carro na oficina i o negao comeu elaporno do padre fudeno casada comfusagay nao aguentou o pica exagerada do macho peidou e levou porrada xvideosvideo pornotirando peos en el bañobucetaesperientesexo conto meninas novas com cunhado safado me comendo brutamente.Contos estorei a buceta da crentinha da igreja cozei dentro dela e acabei engravidando elaexvidio irmao com irmanconto erotico coroa buraco na paredecomeu o cu da filha do patrão novinha de17 pornodoidonovinhadormidecalcinhan********* tomando esculacho de pica brutamonte da tardeminha mqe me pediu a toalha e fudemosxvideo gay.novinho nao aguenta fumo do branquinhobuceta gozano nepicacontos eroticos vovôeu só vou te pedir uma parada mama de 4 com a buceta impinadacontos eróticos incesto mae filho exército porno zoo cavalo abre chapoleta dentro da mulhercotos eroticos negao roludo berei gritei vi estralas empurou meu uterocontos o chefe comedor da empresacontos eroticos de encoxada com marido do ladoGOZEI E COMI MINHA MAE E MINHA CUNHADA VEP NO XVIDEOSME.ININHAS SAPECAS XNXXcontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgeconto gay vozão do cuzãocontos.cheirando causinhaGTA da mulher de calcinha o ventilador homem pelado homem pelado homem pelado homem pelado homem peladoatendeu aporta cueca comeu a vizinhaestupro esposa contos eroticos