Ajudando uma amiga

Um conto erótico de DWF
Categoria: Heterossexual
Data: 18/03/2009 18:04:13
Nota -
Assuntos: Heterossexual

O caso que irei contar a vocês hoje foi algo que aconteceu entre eu e minha amiga no inicio de março de 2009.

Como já disse em casos anteriores, sou moreno, alto, corpo atlético, olhos verdes, cabelos pretos.

Minha amiga que irei chama - lá de Samy, tem 19 anos, é moreno baixa, 1,56mt aproximadamente, cabelo pretos na altura da cintura lisos, pele macia, seios grandes e durinhos, bunda redondinha média é uma linda morena.

No primeiro sábado do mês de março, eu estava no conversando com uns amigos no condomínio onde mora minha amiga. Estava fazendo muito calor e Samy estava sozinha em seu apartamento, quando começou a passar mal. Como a mãe de Samy se preocupava muito com ela pediu a vizinha que passasse em sua casa para ver como estava sua filha. Samy tinha problema de asma por isso sua mãe se preocupava tanto.

Quando a vizinha chegou Samy já estava quase sem respiração ela saiu gritando por ajuda e quando ouvi corri para ver o que estava acontecendo.

Quando cheguei me deparei com Samy deitada na cama de pernas abertas usando uma sainha jeans curtíssima e uma camiseta preta bem decotada sem sutiã, sei que não era hora mais fiquei de pau duro de vê-la deitada sem calcinha daquela forma.

Imediatamente peguei Samy no colo e a levei até ao estacionamento onde meu carro estava estacionado.

Quando a coloquei no carro vi que sua situação se agravava então comecei a massagear seu peito para que ela pudesse pegar ar, quando vi que não tinha mais jeito fiz uma respiração boca a boca então ela começou a voltar ao normal. A coloquei no banco do passageiro ao meu lado e acelerei para o hospital mais próximo.

Quando chegamos, ela foi atendida logo. Fiquei por perto o tempo todo, pois como ela estava sem calcinha queria garantir que nenhum medico tarado iria colocar a mão antes de mim.

Após algum tempo em observação ela recebeu alta e foi liberada.

Ela ainda estava um pouco zonza então tive que abraça-la e leva-la até o carro. Enquanto agente descia a rampa ela me deu um beijo no rosto e me agradeceu por ter feito tanto esforço para ajuda-la, eu disse que não precisava agradecer pois era com muito prazer que eu fazia pois era o mínimo que um amigo pode fazer.

Chegamos no carro e quando a coloquei sentada ela abriu as pernas para entrar completamente no carro, então pude ver seu grelinho um pouco mais de perto e sentir o cheiro maravilhoso daquela bucetinha que eu estava doido para provar, então meu pau ficou duro e como eu estava usando uma bermuda de seda deu um volume enorme, ela logo percebeu e fingiu não ter visto nada.

Quando entrei no carro ela me perguntou o porque de eu estar de pau duro, fiquei sem graça e ela deu um sorriso de safadinha e me perguntou se eu não iria responde-la então disse a ela que era impossível não ficar de pau duro vendo ela daquela forma, ela sorrindo disse que achava que como somos amigos ela não precisava esconder nada de mim. Então comecei a perceber que Samy estava gostando do que estava acontecendo, fiquei um pouco sem reação, pois nunca aviamos nem tocado no assunto de ficarmos e ela mostrava interesse em algo um pouco mais profundo. Então liguei o carro e sai do estacionamento do hospital, já estava escuro quando saímos então a mãe de Samy ligou no meu celular, pois Samy não estava com o seu, pois como sua mãe estava viajando não pode vir para o hospital, então ela disse a sua mãe que já estava bem, mais que só iria para casa no dia seguinte, estranhei o que ela disse mais continuei dirigindo inocentemente.

Quando passávamos perto de uma rua deserta ela me pediu que entrasse na rua e parasse que precisávamos conversar, percebi logo que as coisas iriam esquentar e sem demora entrei na rua e estacionei embaixo de uma arvore grande que tampava a luz do poste.

Ela começou a dizer que adorava ser minha amiga, pois eu nunca a deixava na mão, e disse que não sabia como me agradecer por tantas vezes que eu havia ajudado. Então disse que ela não precisava se preocupar, pois era com muito prazer que eu ajudava, mas Samy disse que eu ajudei tanto que isso começou a cativa-la e que começou a despertar nela um sentimento além do de amizade e disse que ela gostaria muito de ter melhorado na hora que fiz a respiração boca a boca pra poder me beijar naquele momento. Então a abracei forte e disse que também estava sentindo algo diferente por ela, no momento que eu disse isto ela me beijou loucamente e como não sou bobo, continuei é lógico. Ela parou e me pediu desculpas, pois não estava mais agüentando segurar aquele desejo que a consumia por dentro, sem dizer nada, beijei-a novamente e ela me abraçou forte e pudi sentir aqueles peitões durinhos se esfregando em mim, meu pau ficou durasso, parecia que ia rasgar a bermuda, então Samy saiu do banco do passageiro e sentou no meu colo, senti seu melzinho molhando minha bermuda, não resisti e tive que tocar sua xaninha, estava ensopada, com a outra mão puchei o decote de sua blusa e coloquei um dos seus seios para fora, ela gemia bem baixinho a medida que eu acariciava seu seio e sua xaninha, ela voltou a me beija loucamente, depois pediu que eu chupasse seu seio e que eu não parasse de massagear sua bucetinha, ela abriu minha bermuda e tirou meu pau para fora e começou a me masturbar, estávamos com tanto tesão que gozamos rapidamente, molhei sua saia todinha com minha porra e ela também molhou minha bermuda com seu gozo.

Então peguei uma flanela dentro do carro e a limpei, enquanto eu a limpava ela me dizia que queria mais e que queria transar comigo a noite toda, então a levei para o meu apartamento, no caminho ela me fazia um boquete maravilhoso enquanto eu dirigia.

Quando chegamos pegamos o elevador e começamos a nos pegar ali mesmo, saímos do elevador entramos no apartamento, ela me disse que iria terminar o que havia começado no carro, então ela tirou minha bermuda e minha camiseta e começou a me chupar loucamente, mamava com toda vontade e força, tentava colocar tudo na boca mas não conseguia, pois minha pica é bem grande, tem 22cm e isso a deixava faminta para ter tudo só pra ela, gozei na boca dela e ela engoliu tudinho, imediatamente a deitei no sofá e comecei a chupar seus seios, passa a língua naquele bicão amarronzado de depois chupava tudo lentamente, fui descendo até chegar na sua xaninha, fazia leves movimentos para cima e para baixo com a língua e depois chupava seu grelo todo, a bucetinha de Samy é muito linda, é pequena, delicada, raspadinha e apertadinha, isso que me deixava mais louco, fiquei chupando a bucetinha de Samy por uns 10 min, mais ou menos, e ela gozou como uma vaca.

Meu pau já estava duro novamente e ela me pedia para fuder sua bucetinha, ela estava sedenta para sentir meu pau. Ela dizia:

- Fode minha bucetinha com esse pauzão, me deixa toda regassada.

Então a coloquei de quatro, esfreguei meu pau bem na entradinha de sua bucetinha e enfiei tudo de uma só vez. Ela deu um gemido muito alto e dizia:

- Fode tudo, quero seu pau todinho dentro de mim.

Metia sem dó e ela gemia, segurei ela pelos peitos e metia tudo, aquela bucetinha apertada é uma delicia. Eu dizia:

- Que buceta maravilhosa, vou te deixar toda fudida.

- Fode sim meu gostoso – Dizia Samy.

Então Samy gozou, suas pernas banbiaram, mais eu não parei, pois ela implorava que eu continuasse, então gozei, enchi a bucetinha de Samy de porra quente.

Nos beijamos por uns 20 min e fomos tomar banho, comemos algo e começamos a transar novamente ali na cozinha mesmo, ela se sentou na mesa e eu fiquei em pé comendo aquela bucetinha, então ela me pediu que comesse seu cu, mas que era pra eu ir bem devagar, pois ela não tinha feito sexo anal ainda. Lubrifiquei me pau no melzinho da sua xaninha a virei de costas e fui colocando lentamente, ela dizia que aquela sensação de dor e prazer juntas eram algo espetacular, quando entrou tudo, fui fazendo um movimento de vai e vem bem lentamente e ia aumentando a velocidade a medida que seu cuzinho ia se acostumando, em pouco tempo já estava fudendo o cu de Samy em alta velocidade. Ela gemia, gritava e como aquele cuzinho era maravilhoso gozei logo.

Depois, tomamos outro banho e fomos dormir, Samy me acordou mais umas três vezes a noite para transarmos.

Até hoje sempre que temos oportunidade repetimos esse sexo maravilhoso, uma vez quase fomos pegos em flagrante, mas este é um outro caso que conto depois.


Este conto recebeu 0 estrelas
Estamos testando um novo formato de votação. O ranqueamento será feito não mais pela média, mas apenas pela soma das notas oferecidas. As notas também serão apenas de uma, duas ou três estrelas. Isso deve evitar que haja quedas repentinas do ranking por conta de ataques por alguém que queira manipular os resultados. Se tiverem dúvidas, .

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.

Online porn video at mobile phone


gloryhole sr ele elaxisvido mai perdi no jogo fodivídeo pornô homem com p********* e grosso apanhado muito em cima da moça virgem descabacei ela botando devagarzinho só a cabecinhaxvideo as pantera tio vendo pela braxa da porta sobrinha no banhocoroa taradasexo históriacontos eróticos marido surpreende esposa chegandocom amigoConto sexo anal casada estrupadaEu te amarrei novinha vagibalevei a minha noite também nua da filha me trata nua mandando minha pelada nua e vizinha tá na loja com meu pequenofiho nervozo desconta na mae putariabrasileirax video subrinhaolhando o titio roludoxvideo muilher surpresa nxvideo sexo u buracuChicão em mulher de 30 por trás gemendo e olhando para tráswww.com.xvudeo page mulhe dançano antes de darDona de casa e o garoto pirocudo ,contosconto erotico de neto vai morar com a vovó e mete nelatenho dúvidas que virei corno contoschulezinho da amiga - contos podolatrasmamanono pau do filho baianoContos Eroticos Roberta no Cruzeirocontos por causa do meu picao fude todas amigas da minha mãemulheres gostosas fazendo garganta profunda com penis muito grandes e enfindo todo na sua guela e ele vai e gozaQuero assistir filme pornô brasileiro das Panteras pai vendo a filha tomando banho no banheiro e fica olhando ela nua de espinhasjoice na zona zofiliatarada nuonibuSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhaConto erotico fui cagar na moitavideos de sexo omém desmaia mulhecontando historia de uma tia q tranzau cm osobrino xvideonoviho da buseta ixada con chote colado amostando xoxotaxx vidios gay novinhos estrupadosxvideo.mulhe em golido gozo.comxvideos sentando no pau gostasentelevei minha esposa num glory hole conto realcomo meu tio roludo e comedor comeu minha esposa novinha 1° contoscontos eroticos:filho,seu pinto ta ficando durocontos obrigada a ser escravaeu quero ver vídeo pornô a novinha indo para academia dando a buceta o cara da rola bem grandona engrossando e gozando bem muito e melando a rola do cara todinha na hora da gozada e puxando os peitoscontos eróticos c um lutadorafilmei escondido minha Mae dormindo de camisolinha e passei o pinto no cu dela e ela acordou realcontos eiroticos leilaporncontos eróticos mamãe deu o cu eu viOlhando a menina de causinha xsvidiooros .pornofantasia eroticonegraonefinhas gostosas fodendo muitoXvideos Quando o homem socou ela até arrepiou cafusa cavala mostra bucetaa menina magrinha pegou a mulher pegou de tapa na cara pegou no casacoxvideos ela pensou que ele tinha parado de gozar e quase engasgoucontos eroticos meninas de treze anos transando com cachorro com calcinha preta com lacinhos vermelhoDesamarrar corda mordaça contoeroticomenina bem magrinha de oculos com seu papai no pornoconto garotinho de sorte tranza com vizinhacontos eroticos peguei uma meninaabriu bunda cu buceta dançarinas distraidascontos esposa humilha marido ao descobrir que e corno e ele fica excitadogaroti gay pauzudp ttansar c homem cacetudo e grisso vidio pirnoquero ver conto erótico sapeca safado gostoso amor dentro do carro dentro da capoeiraHum pela namorada e pelo Ricardaosou casada mais quem mim fode gostoso e patinhoxvide garoto cebra a fimose comeno buseta conto erotico tio salva vidacontos eroticos malv comendo as interesseiraxvideos coroa falano pro moso gue gue meteSogra siliconada fudende bebadaver conto erotico sob faxineiros velhos tarado e pirocudovideo de menage com a esposa e a comadrecontos heroticos cuzinho da japinhabundudinha enroscou o s do cu na cabeça do pauconto sexo cu por gustaContosporno natieli gozando na pica grossa do negao pauzudoVer mulheres deitada com a buceta sem calcinha e a bertinha saino galanovoscontosdeincesto