O 1º anal da ninfeta religiosa

Um conto erótico de Pafer
Categoria: Heterossexual
Data: 05/02/2006 01:10:37
Nota 10.00
Assuntos: Heterossexual, Anal

Isto aconteceu há seis anos atrás quando eu tinha quinze aninhos e meu corpo ainda estava em plena adolescência. As pessoas me diziam que eu era a sósia do modelo Lívia de Andrade, aquela do programa do S. Malandro. Na época isto me aborrecia muito, pois a imagem dela era pejorativa pra mim. Eu, pode se dizer, era a típica cu-de-ferro. Sempre com o cabelo preso, de óculos e religiosa ao extremo, assim como toda minha família. Éramos católicos carismáticos. O cuidado com o comportamento diante das pessoas, a disciplina escolar e religiosa, e com a higiene pessoal, seguiam normas que não eram para serem nunca ignoradas. Por exemplo: sempre que pudesse se escovasse os dentes após qualquer refeição, mesmo um simples sanduíche, banhos diários e o mais importante, ao final das necessidades fisiológicas, sempre se ensaboar e lavar com água, retirando com as pontas dos dedos qualquer resíduo. Até hoje faço assim. Portanto foi assim que o chefe do meu pai encontrou meus órgãos sexuais seis anos atrás! Depois de se satisfazer e se babar todo me chupando o cuzinho e a xaninha feito louco, me fazendo gozar também como louca, ele me posicionou sentada no braço da poltrona onde minha iniciação sexual fora iniciada!! Apesar dos orgasmos, eu não queria ser desvirginada daquele jeito e com um homem que estava preste a colocar meu paizinho no olho da rua, além de ser uns trinta anos mais velhos que eu! Eu rezava a todos os santos e anjos que me ajudassem a me tirar dali, mas meu próprio corpo se negava a isso! Talvez, seja por isso, que eu me senti aliviada quando Dr. Rafer (este era seu nome), sussurrou no meu ouvido que ele não ia colocar o “apito de chamar anjos” dele na minha xaninha e sim na minha capelinha, ou seja no meu anus!! Ele apelidou sua torona de “apito de chamar anjos” porque ele me fizera chupá-la e por eu não conseguir ficar calada, murmurando a todo instante que algum anjo viesse me salvar! Acho que naquele momento os santos me ajudaram, pois minha virgindade fora preservada!! Assim contente por este milagre, era como se eu tivesse obtido permissão para fazer o resto que saciasse meu corpo!! Rafer me olhou num misto de surpresa e satisfação com aquela cara canalha que ele tinha, quando empalmei sua rolona e comecei a fazer exatamente igual a minha higiene pessoal após fazer cocô!! A ponta da sua glande arroxeada foi abrindo caminho no meu anelzinho rosado como se fosse meus dedo, e logo eu própria tinha posto mais da metade da cabeçorra dentro do meu cuzinho!! Eu sentia meu anelzinho se expandindo e isto me deixou um pouco apreensiva! Rafer carinhosamente me acariciava a xaninha e me beijando a nuca e minhas orelhas, ele me dizia carinhosamente palavras de incentivo.

-Larissa, minha santinha! Não se mexa ainda...Deixe o “apito” ir entrando...assim devagarzinho...isso!! Dê uma reboladinha...calma! vá rebolando suavemente...assim, meu anjinho...metade da procissão já está...na...capelinha...aahhh!! Gostosa!!! Vira mais o rostinho, santinha...issso...me dá tua...boquinha Larissinha...dá...dá...

Todo aquele sussurro me acendia como brasa ao vento!! Eu havia ouvido por horas e horas o quanto era pecaminoso este tipo de êxtase que agora eu estava sentindo. Lapsos de culpa passavam em minha mente e eu murmurava, nos intervalos dos beijos que Rafer me dava.

-Me perdoa, meu deus... me perdoa!! Me perdoa... por não evitar o que estou sentido...meu corpo não me deixa reagir...me castiga depois!!...agora eu...estou...gostando tanto!! AAhh, meu deusinho...

Creio que todos esses monólogos e o clima tremendamente erótico fez Rafer ejacular um rio de semem dentro de meu cuzinho guloso, antes de eu gozar!! Ele se acabou no meu cuzinho como um qualquer garanhão. Mesmo depois de alguns minutos, eu permanecia rebolando com seu pau dentro de mim em estado de pré-orgasmo, buscando o máximo de êxtase

Já estávamos assim há algum tempo quando nos assutamos com a voz vinda do interfone avisando que meu pai queria falar com Rafer! Por um momento olhávamos um pra cara do outro sem saber o que fazer! Então Rafer, ajeitando as idéias, respondeu ainda comigo engatada em sua maravilhosa rolona!!

-Vou atendê-lo dentro de quinze minutos!!

-Dr. Rafer, ele insiste que é urgente!! – continuava a voz vinda do aparelho.

Rafer enquanto retirava sua rola de meu cuzinho apontava a direção do banheiro, para que fossemos para lá. E assim que entramos e Rafer ia fechando a porta, meu pai adentrou abruptamente no escritório seguido da secretária que tentava impedi-lo!! Rafer sem abrir totalmente a porta e se deixando ver só parte de seu tronco e a cabeça o reprimiu.

-Que é isso, rapaz? Enloqueceu?

- Rafer (o alto escalão se tratava pelo primeiro nome) soube que minha filha veio procurá-lo e receio que ela tenha sido um pouco malcriada com você! Mas peço que você reconsidere tudo que ela disse... acho que toda esta situação...a abalou seu senso juvenil e...

-Não me enche o saco, Raul!! Você é um burro por confiar cegamente nas pessoas e nunca pensar nas conseqüências diretas e indiretas!!

Enquanto Rafer dava essa reprimenda em meu pai, eu em vez de me recompor, diabolicamente (eu ainda estava muito imbuída de senso religioso-pecaminoso) peguei a semi-endurecida vergona de Rafer com a mão direita e com a esquerda afastei pro lado a banda de minha bundinha...

- Além disso... já conversei com Telma a respeito... e estou decidindo o quê vou fazer!!

... e direcionei a cabeçorra para a boquinha de meu cuzinho ansioso!! Eu própria fui me encaixando naquela torona!! Quando metade da tora já fazia uma maravilhosa pressão dentro de meu anus, e segurei ambas as nádegas e as abri o máximo para sentir...

- No momento quero que você vá embora... e leve a sua filinha, que não foi tão rude assim!! Eu a mandei para... para...para o salão de recreio dos funcionários. Isso mesmo... para o salão de recreio!! Você deve encontrá-la lá! Agora me deixe...fazer o que... eu ... já tinha...começado!!

Meu pai disse um muito obrigado e se desculpando se retirou, com a secretária fechando a porta e lhe reprimindo.

_Dr. Rafer não pode nem ir ao banheiro!!!...

Enquanto meu pai ia saindo, Rafer ia entrando com toda extensão da rola em meu cuzinho!! Eu estava com os cotovelos apoiados na mesa do toalete vendo minha imagem de santinha do pau oco levando vara no cuzinho!! Atrás de mim, Rafer se deliciava com a expressão da minha bela carinha em êxtase e de vez em quando me puxando pelos cabelos me virava o rosto pra me beijar freneticamente, fazendo nossas salivas escorrerem pelos cantos de nossas bocas! Eu correspondia à tudo aquilo como já fosse um veterana em boquete e em dar o cuzinho!! Nada, nenhuma dor, nem coisa alguma agora seria capaz de interromper meu gozo!! Naquele momento não havia crença em deus, anjos, santos, comportamento, disciplina!! Nada!! Só havia a real sensação de um macho me abraçando por trás com sua rolona deslizando inteirinha dentro de meu cuzinho!! Ao me beijar mais uma vez, sinto Rafer explodir dentro de mim e seu urro ecoa ainda dentro da minha boca!!Eu chego também ao orgasmo. A coisa foi tão intensa de repente que eu levo um dos meus braços pra trás e enlaço a nuca de Rafer e com o outro braço alcanço uma das bandas da bunda dele e o seguro firmemente puxando de encontro a mim!! Gozo, gozo e gozo!! Meu esfíncter aperta com tanta força o pênis de Rafer que fica difícil eu rebolar devido ao retezamento de todos os meus músculos!! Quando meu próprio anelzinho começa a perder a força e aos poucos vai aliviando o aperto em volta da rolona, sinto o esperma que lentamente escorre pela rola de Rafer e ao redor de meu cuzinho, indo percorrer como um rio por minhas coxas abaixo! Não sei como, mas todo esses pensamentos e imagens fazem eu dar uma derradeira contração com meu esfíncter, curto mas forte aperto em volta da rolona daquele macho e ter outro orgasmo espontâneo e rápido, me fazendo desfalecer!!

Quando voltei a mim, Rafer tinha recomposto minhas roupas e passava uma toalha úmida em meu rosto.

-Bom, você é maravilhosa, Larissa santinha! Mas agora temos que administrar esta situação. Se arrume o mais rápido possível que eu vou chamar seu pai e faremos crer que vocês dois se desencontraram!!

Quando meu pai entrou na sala, me encontrou sentada na poltrona, bem penteada, com óculos, minha saia cobrindo até um pouco abaixo de meus joelinhos unidos e sem calcinha!!


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
j.a
27/08/2015 04:59:29
sem duvidas um dos melhores
Rick
14/02/2006 19:51:13
Se Nelson Rodrigues fosse vivo iria adorar. Parabéns!
Augusto
11/02/2006 15:49:11
Cara, toda vez que leio este conto fico com o cassete duro...
O Cara
07/02/2006 21:34:44
Santinha como ela ... isso jah faz 6 anos, hoje deve ser moh puta!
TACO
07/02/2006 20:19:30
já comi uma santinha como voce. é indescritível. Pricipalmente quando ela pede para repetir.
tatus21
05/02/2006 17:35:00
Olha foi ótimo, com certeza vou bater uma punheta por causa desse conto. Parabéns. Sempre quiz ver uma santinha da RCC levando no rabo, essa foi boa.
Falcon
05/02/2006 14:57:04
Engraçado Mr. Augusto, voce fala em seu comentario a respeito dos contos de baixo calao, mas no entanto voce nao deixa por menos em seu comentario usufruindo de palavras baixas, é certo que o conto encontra-se muito bem escrito, concordo plenamente quando diz que és um dos melhores por aqui publicados, mas nao me sinto a vontade em dizer suas baixezas. Concorda?
Augusto
05/02/2006 12:34:07
Este conto é tão bom que eu fui obrigado a lê-lo novamente. A autora está de parabéns! Acabei de tocar mais uma!
Edinho
05/02/2006 11:46:36
eu gostei muito mais poderia ser melhor se tivesse comido a buceta dela
Marujo
05/02/2006 10:32:33
Concordo em "gênero, número e grau" com o Augusto. Se o conto foi escrito por você, parabenizo-lhe e o incentivo a procurar escrever outros contos. Realmente foi muito bom, frente a maioria dos contos que or aqui aparecem.
Reginaldo Gadelha
05/02/2006 04:40:12
VC e o Pafer ou o Augusto ? Caraca cara, o conto ate que nao é ruim, mas sua tentativa de torna-lo excelente o fez perder o mérito
|Augusto
05/02/2006 01:53:18
Esse é, sem dúvida, um dos melhores contos que já li neste; um dos poucos que faz jus ao título de conto erótico, pois é excitante sem, no entanto, ser vulgar. Parabéns! Gostaria de ler outros contos como este, pois quem o escreveu possui bastante potencial... Meu caralho está latejando de tesão... Adorei!

Online porn video at mobile phone


baixinha gostosa perdendo as pregas do c* e gritandoputa fudeno pela da motoxseduzida por um estranho contos pornoirma da pra irmao de causinha de lado e de bermuba e pretimhaContos eroticos dando banho na garotinhavídeo pornô parte curta de 4 minutos o cabo do pau de Sen sentindo transando com mulher de 68 anosvideos porno com nojo e volmito xvideos l.comcontos eiroticos leilapornvideo de porno de lespica fodento com pilu de buraxabrasileira novinha do rabao com calcinha de redinha batendo punheta pro rapais ela geme muito na ohro qui ele ta gozandocontos gay limpar a casaContosveridicos contados por novinhasfraquei minha mae peituda dando no quarto para meu primo roludosafada com vibrado centrado na cabalgadaprimos flagrados fofemdo no porao da familhameu aluno cacetudo contosamigos heteros brincaram de sexo gey e acabaram se comend9 mesmocontos eiroticos leilapornBuceta da egua piscando pidino rolacontos eróticos gay fui transformado em putinha e fizeram dupla penetração no meu cuzinho e me arrombaramessa ai.e putaxvideosvilmer pornoPau duro na faculdade contosxvídeos haveria sobrinho pega tia dormindo com o c* dela da salsichade chorte atolado boquete amador xvideos online mae engoli ou cospi fidelidade ordenhar teta porno contoquero ver todos os filme que As Mulheres Ricas pegando a xoxota na cara dos homens com a imagem bem grande e g****** na boca descendo embaixo na boca deleConto porno virgem deflorada por traficante pauzudo da favelaconto trepo com mulher idosa que nem dente tem na bocagordo careca e sua esposa chupando um pinto juntosprono doido morena predendo a gividade escadaloxvideo mulher em pe com dois homens escanxaada Bom dia viadinhpsContos eroticosPerdendo as pregas bem novinhatravesti lari28conto erotico huntergirls71baixar vidio porno mã colocando. bruza roza en sua filtia gostosa pegas sobrijho dorkindo dec cueca com opau praforaxividio vo come o cu dela dormindoconto cracudo noiado gay contocontos eiroticos leilapornporno cazeiro cunhada nao aguentou cu cunhado paugrande de São Paulo xvideo. comgortavo trasandoprofessora mulata fodenocom alunocontos-padre comendo a meninacomo aprendi a gostar de rola grande contos eroticosmulher com a buceta estorada de da pro coloso grosoquero ver um filme pornô a mãe transando com filho e a mãe forçando para transar com ele pedindo para o fiscal na b***** dela que ela tá lindatia gostosa nova se masturbado para provocá o sóbrioesposa comenta da grossura da picagranny de 69 chuoando cokc grandetiia cm saia longa com tensao mostra calcinha ate fudeconto de mulheres negras que fizeram dupla penetracaocuiada provoca cuiado d xortiu de dormiloira jogando pinbolin pelada no saguão do hotelirmao tarado casulia inosente hdvideo pic esconde pelados meninas e meninosPenis flacido castrar contoscomi uma egua dentro de casa contocontos eiroticos leilapornbaixinha casada dormino sem roupavideos longo/penis monstro negros gosando dentro do cu do viadinho branquinhoo gay mundo bichaesposa e acediada pelo patrao do marido pornohistorias eroticas enteado bem dotado fudendo o cu vugem da madraatamim arroba com esse pau de borracha conto lespicoXvideos Quando o homem socou ela até arrepiou mãe muinta gostosa deita de sem caidinha só pro filho mete upau na busetaXvidios os cu mais judiados e rasgadoxvideo mulher casada do brasil arcoda loca por pica cunhado comendo sua cunhada gostosa de calcinha fio-dental e bigodinho da periquitaum velhinho do pau enorme e muito grosso cumeu meu cusinho na marracontos verdadeiros decheirar calcinhavai nacasa do amigo e ve airma doamigo sex na salaconto erotico gay macho dominador gosta de maltratar viadoconto erotico emprestei dinheiro a nora e ela pagou com a bucetamulhe com ceceta ano fazeno sexoconto erotico tive pelada varios cachorrocomi a xana zeradaPorno en t re s o gro e no ra conto eroticodeitei de conchinha com minha mae peitudax videos mamae recebe visitas sem calcinhavideos de munhe durmido de xortiicontos eroticos casada timida no cinemaDona helga diario erotico incesto c fotosContos eeoticos velhinhoXVídeos cara tapeando o coroa de motopedreiros caminhoneiros e peões de obras c********* comendo v******* contos eróticos gayscontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgeIrmao comendo irma sfd Xvideos.comcontos sobrinha da vizinhaporno comel a sogra emxeridapapel tarado arregaçou o cu da neguinha na marraMulherez arregassano o cuconto erotico de nora e sogro acanpando