Amante Canino

Um conto erótico de Jaqueline
Categoria: Zoofilia
Data: 22/07/2004 12:59:49
Última revisão: 26/03/2008 00:20:48
Nota 10.00
Assuntos: Zoofilia

Olá! Eu me chamo Jaqueline, tenho 21 anos de idade, tenho cabelos loiros, olhos verdes, 1,69 metros de altura, e peso 52 quilos. Meu relato é um pouco longo, mas como todo bom relato, tem que ser longo o suficiente para que o leitor possa imaginar todos os detalhes e para que eu possa incentivar a outras mulheres a conhecer as dicas e seguir o exemplo.

Eu sou casada há 5 anos e nossa vida sexual já estava monótona demais. Sempre transávamos nos mesmos lugares, nas mesmas horas, mesmas posições e eu me considerava a principal culpada de tudo isso, pois sempre repelia as propostas que ele me fazia, como sexo anal e outras coisas. Assim, decidi, para salvar meu casamento, "apimentar" mais nossa vida sexual. Fiz uma pesquisa pela internet e descobri e me encantei com os contos eróticos. Eles me deixaram mais excitada e criativa. Comecei a por em prática muitos idéias como sexo no carro, anal (esse, no entanto, não tolero mais, por ser muito dolorido). Porém, o que mais me fascinava era o oral, mas meu marido só gostava se eu chupasse seu pênis. Não retribuía, alegando sentir nojo de minha vagina. Por isso nossa vida sexual ainda não estava plenamente satisfatória, pois eu não tirava da cabeça a idéia de ser chupada.

Eu nunca foi muito apegada a animais domésticos, mas como morávamos em uma casa o meu marido queria ter um cão e eu permiti que comprasse um. Agora é que surge a personagem principal desse relato. Meu marido comprou um pastor alemão com um ano de idade que batizamos de Sultão. Ele já havia sido adestrado, por isso podia circular sem perigo por toda nossa casa. Meu marido é que mais se envolvia com o cão para passear, alimentá-lo, brincar com ele. O meu envolvimento de Sultão começou numa manhã em que dormia e acordei toda arrepiada com o focinho úmido do Sultão entre minhas pernas. Eu havia lido sobre zoofilia, mas acreditava que era coisa de loucos. Mas aquela sensação gostosa mexeu com minha cabeça. Não custava nada me informar sobre o assunto, então comecei a ler os contos de zoofilia e fiquei mais decidida a pensar seriamente nisso. Li tudo a respeito e confesso que pensei em desistir, pois havia o problema do nó do cão, o risco de várias doenças vaginais, ainda mais porque aos 12 anos tive uma infecção vaginal e não queria passar de novo por aquilo. No entanto, o desejo ficava mais e mais forte que o medo. Assisti uma fita de vídeo onde uma mulher transava com vários cães e comecei a planejar como faria para ser, no mínimo, lambida pelo Sultão e se isso seria tão bom quanto os contos e os vídeos. Sexo com um cão? Só na hora para saber se eu chegaria a esse ponto.

Para começar a ganhar a confiança do Sultão e pensar melhor no assunto, comecei a ser mais atenciosa com ele. Meu marido estranhou mas gostou, pois o cão dava muito trabalho para ele. Quando o levei para passear pela primeira vez tive uma surpresa agradável. Ao cruzarmos por uma cadela vira-lata na rua, o Sultão, sem cerimônia nenhuma, lambeu-a na vagina. Fiquei com inveja, mas senti frustração pela falta de higiene do ato. Meditei, pensando se valeria a pena tudo isso. Depois desse passeio, decidi dar um banho nele, pois aquela cena não saía da cabeça. Durante o banho, pude vislumbrar o tamanho de seu pau, que era de tamanho médio. Percebi a sensibilidade ao toque, pois não permitiu que eu o segurasse. Confesso que fiquei excitada, pois acreditava que era do tamanho ideal para caber no meu cuzinho. Tive a idéia de ficar de quatro, para que ele lambesse por trás ao menos, porém, antes, limpei na medida do possível sua boca. Fiquei de quatro e ele não se fez de rogado, lambendo deliciosamente cu. Nesse momento, sentindo sua língua esperta, decidi que seria ele que realizaria o meu desejo de sexo oral. Sultão tentou fazer a monta, mas eu não permiti. Descobri outros dois problemas: as unhas de suas patas que durante a tentativa de monta arranharam minhas costas; quando neguei a monta ele ficou bravo e quase me mordeu. Eu soube que no dia que eu me metesse com ele teria que me submeter à sua vontade até o fim.

Sem me consultar antes, meu esposo deixou que a vizinha usasse Sultão para cruzar com sua cadela. Tive que concordar, pois ele disse que o cão nunca havia cruzado e isso seria bom para ele. Foi levar o Sultão na casa da vizinha e antes de sair vi o Sultão fazer numa cadela tudo que um dia faria em mim. Disse ao meu marido que não emprestasse mais o Sultão e que quando necessário eu iria providenciar isso. Comecei a pensar e arquitetar como eu iria resolver cada uma das condições para que eu pudesse realizar, enfim, meu desejo. Para as unhas eu colocaria meias em suas patas. Para impedir que ele me enfiasse o nó, o jeito era segurar com os meus dedos em forma de anel na base do seu pênis. O que mais tempo levei para resolver foi como desinfetar a boca de um cão. Em uma conversa com o veterinário, recebi alguns conselhos. O uso exclusivo de ração diminui o número de bactérias na boca de um cão, assim como um maior número de banhos. Proibi meu marido de dar qualquer outro tipo de alimento para o Sultão. Vendo meu desânimo quando ouvi que a ração apenas "diminuiria, mas não eliminaria completamente", e percebendo minha insistência no assunto, o veterinário me disse, achando que eu era fanática por limpeza, em um tom irônico, que "para eliminar totalmente as bactérias só usando desinfetante bucal depois das refeições dele". Mal sabia ele que havia dado a resposta para a minha felicidade.

Aproveitei e o deixei para um tratamento completo: banho, tosa, vacinação, e tudo o mais. Enquanto isso, fui preparar os últimos detalhes para meu grande dia. Em uma clínica de beleza, fiz uma depilação completa, para deixar minha vagina mais acessível e sensível quando fosse lambida. Antes de buscar Sultão, passei no supermercado e comprei sabonete anti-bactericida e um vidrão de Cepacol. Naquela noite fui dormir cedo, e de propósito não dei água para o Sultão. Meu marido tentou fazer sexo comigo, mas disse que estava com dor de cabeça, e só pensava que no outro dia realizaria enfim meu maior desejo. Como todo os dias, meu marido foi cedo para o escritório, e logo estávamos eu e Sultão sozinhos. Preparei o meu quarto para tudo. Não alimentei e nem dei água para ele. Então o coloquei no banheiro para lhe dar banho, primeiro com o sabonete anti-bactericida, e depois com meu shampoo. Finalmente escovei bem (contra sua vontade) e joguei o Cepacol em sua boca. Sequei-o com uma toalha, depois com secador de cabelos, vesti nele meias e o levei para o quarto. Tirei toda minha roupa e me deitei para relaxar um pouco, pois já estava ofegante. Lentamente comecei a acariciar o Sultão, que estava perfumadíssimo, e finalmente começamos. Dei dois tapinhas em minha bucetinha depilada e disse: "Lambe Sultão!". Já fui ficando em posição de frango assado para Sultão lamber. Aquele foi o momento em que eu, Jaqueline, ou qualquer uma que estivesse em meu lugar, deixava a razão de lado, e passava a agir somente por instinto.

Enquanto eu gozava com sua língua, minha vagina se encharcava de líquidos e isso fazia Sultão lamber mais e mais, e beber com mais voracidade meu suco vaginal para matar sua sede, chegando ao ponto de mordiscar os lábios de minha bucetinha. Nessa altura, eu fui a loucura como nunca fora antes, a ponto de me retorcer de prazer e me conter apenas mordendo a ponta do travesseiro para abafar meus gritos de prazer. Arregacei com as mãos a vagina a ponto de ele enfiar até um pouco do focinho. Após as lambidas do Sultão diminuírem e eu já estar satisfeitíssima, decidi que faria sexo com ele para matar minha curiosidade e para agradecer o favor que ele havia me prestado. Eu comecei a acariciá-lo na região de suas bolas e, como havia mais de um mês que ele não transava, logo mostrou todo o seu pau. Lentamente me coloquei de quatro e ele começou a montar em mim. Eu o ajudei, guiando sua pica para o meu cuzinho. Enquanto ia enfiando seu pau no meu cu, ele apoiava sua cabeça em meu ombro. Tratei logo de conter com os dedos seu nó, para que não entrasse. Logo começou a bombar num vai-vem delicioso, cadenciado, que não durou menos que meia hora. Foi muito bom, pois sua pica, como eu já dissera, era do tamanho exato e secretava muito esperma. Isso ia lubrificando o cu durante toda a sua penetração, mas a melhor parte ficou por conta de sua ejaculação no final, pois é muito superior em volume que a de um homem, proporcionando uma sensação indescritível de prazer. Quando ele gozou dentro de mim, tive meu cuzinho inundado com aquele líquido quente, que logo começou a escorrer para fora de meu cuzinho, correr por entre as pernas e molhar o lençol. Essa penetração fazia com que eu me sentisse uma verdadeira cadela. Quando ele saiu de cima de mim, ficou lambendo entre o ânus e a buceta, me fazendo gozar novamente. Aquilo tudo era melhor do que eu havia imaginado. Não pude resistir e resolvi relaxar, chupando o seu pau e o safado do Sultão curtia estático o agrado.

Hoje enfim, eu posso me considerar uma mulher realizada sexualmente. Tenho meus dois machos, e sem trair a nenhum deles, pois a minha bucetinha continua sendo exclusiva de meu marido, e o Sultão fez por merecer meu melhor sexo oral e também anal.

Peço às mulheres que tenham um cão que experimentem. Vocês não vão se arrepender.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
03/08/2016 07:58:40
Hoje você tem 34 anos conta para seu marido se eu estivece no lugar dele iria adora ver minha mulher dar para um cão esse é o melhor amante não conta pra ninguém imagina você cavolgando no seu marido e seu cão comendo sua bunda que cena magnífica se quiser troca ideia entre em contato o dia que resolver dar a buceta e deija o nó entra nela aí você vai ver o que é prazer boa sorte bjs
15/04/2013 23:33:59
Muito bom seu conto! Nao liga pra esses idiotas que tao falando mal, aposto que fazem coisas bem piores! Eu dei pro meu dog tambem mas nao consegui dar o cuzinho, doi demais! Mas vou tentar denovo' huahsuha
16/01/2011 04:42:09
Ola mulheres,eu me chamo jessica,sou zoofilia assumida.adoro sexo com cães,quem se interessar em tranzar com um cão,entreem contato comigo,eu posso ajudar como tranzar com um cão do começo ao fim,é mto bom,so quem ja provou,sabe o quanto é bom,estou com msn
03/05/2010 18:37:57
Magnifico, fiquei louco de tezão.
19/01/2010 16:31:17
OLA AI GATA SOU DE DIVINOPOLIS SE QUISER AVENTURA NOVA ADD MEU MSN
23/10/2008 12:21:11
alguem sabe de algum site que tenha filmes de mulheres com cachorros
23/10/2008 12:19:38
muito legal seu conto. Morro de vontade encontrar um amigo nas proximidades de divinópolis para colocar em pratica com minha esposa. Ela ainda reseite mas sei que o tempo é milagroso. Se vc homem possuir um pastor e quiser ver minha esposa com ele depois vc nos podemos armar pra nota dez para este conto
27/04/2008 10:12:41
amei sua historia sou louco p/ver uma mulher enrrabada por um cao?
26/03/2008 09:20:23
Se já existem tabus de coisas, digamos, "mais leves" que dizer da zoofilia. Tenho uma amiga que adora e já assisti uma sessão dela ao vivo. Não posso negar que fiquei excitado com a cena mas a preocupação com a saúde é sem dúvida muito grande.
26/03/2008 03:41:00
a culpa é do maridão que não sabe dar o trato para a "amada". o conto está legal, bem desenvolvido, pena que eu não esteja no lugar do sultão.
21/04/2007 05:51:16
adorei nao que traia seu marido mas gostaria de te ver dando pro cao
garoto
12/02/2006 02:56:47
vem da pra mim sua safada, se seu marido não te chupou eu te chupo manda email pra mim
Kaio
08/10/2005 10:45:15
Se isso é verdade,então posso dizer que sou a alma do papa!
cepacol
26/07/2005 05:10:51
AAAAAAAAA..sua cadela fiadaputa teu marido naum deve te nem tico suaxina.. vem da pra mim kadela desgraçada!!
Denise
20/07/2005 18:16:43
Super sensual. Foi mesmo uma gostosa iniciação, mas ainda falta algo. Faça como eu, que abro as pernas e dou minha bucetinha para o meu marido e para meu cão pelo menos duas vezes por semana (para cada um) e ainda dou o cuzinho quando pedem. É uma delícia e queria trocar idéias com outras aficcionadas. Adoro meu cão, é um segundo marido.
Sarah
24/11/2004 17:08:52
Gostei muito...Mas você acabou por entregar o nome do seu dog...
ana
02/08/2004 09:13:52
é isso ai jaquelini, quando o homen não sabe o seu primordial papel de "MACHO", deve abrir mão de um social..., deixa ele te foder sua buceta, e passar o no, voce vai adorar.
Netuno
26/07/2004 20:06:53
Ela entregou o verdadeiro nome do cachorro... Tomara que o marido dela leia e junte os fatos...
FRANZ
26/07/2004 12:55:58
O GOSTOSA TU DEVIA DAR ESSE TEU CU PRA MIM NÃO PRA UM CÃO SUA FODIDA TU PARECE QUE NÃO SABE NEM FODER TEU MARIDO DEVE PASSAR MUITA RAIVA QUANDO VAI FODER COM VC
Cassia
24/07/2004 18:43:02
dá o cu pra cachorro? credo porca

Online porn video at mobile phone


efiou a pica todinha no geysinho sem camisinha ele gostouCasa de Contos fodas a uma cadela pitbull da vizinhacontos eiroticos leilapornmadrasta fagar estado batedor punhetacontos eroticos adoro um negao e uso soh fio dentalwww xvideos.mulher.de.che.o.marido.dorme.tra.fode.cunhadorelatos e contos caseirosde filhos que fragaram suas mae f sexo pornomanual de corno manso gatobomMulheres escandalosa fudeno mete qque vou. Goja no xvideiofilho chupando a mae com gemecaoXx videos galeginhas do olhos azulnovinha pediu que tirase da frente e enfiar atras rapidomulherpelando abocetaminha esposa chegou do servico cherando buxeta azedaporno escola inspetor e alunohomem casado Rio de Janeiro Baixada Fluminense quer um amante para meter na sua mulher bem gostoso do p*********video de homens pintudo que gostam de lutar e ficam ecitado se de relar em outro macho gratiscoroa lenbi pinto bebi porracasada carente muito seria mais foi ceduzida pelo cadeirante contosCasados no motel tentando sexualmente o garçonconto erotico funk peladaXvídeos idosas dengosa filhinha dengosa do papaifrutaporno sexo dp com limpadores de piscinaDiscar mãe e filha transando e gemendo de prazerasistir sexo completo brutal chupadas na bucetas uiiiiiiMeti minha pica no xiri da minha sogra de 49 anosConto erotico comedor de casadascontos eiroticos leilapornpornodoido eu nao vou fazer esto de novo papaiMarido faz minete na Esposa até se virVizinha novinha mim atendeu de tolha nao teve jeito acabei comendoContos eroticos elacareca peladaamo meu corninhonovinha esgassada casada xvidiofoto que se mexe que travesti gostoza e bonita peitinho bicudinhocontos filha rabuda ninfomaniaca metessao pai e filhacontos eiroticos leilapornkade o meu tio sabe como eu gosto de fazer amor pornodoidover uma tatuadora safada atendendo um cliente ai ela vai toma banho e quando volta comeca a chupa a rola do caracache:76OhQCng1gMJ:https://zdorovsreda.ru/texto/201306590 negoia pauzudosxvideo muilher surpresa nxvideo sexo u buracuporno mulhe secaga tranzandodei pro meu sobrinho contos eroticosO doce nas suas veias (Capitulo 17) Autor Vamp19piroquinhas durinhas contosxvideo comedo baba provisionalporno provisional com casal apaixonadosEroticoscontos.com /casadas 25cm duplxvideo garotas magrinhas e pequinhasconto erotico gay com padrasto velho coroa grisalhodando um chupao na sua amiga a forsa lisbico pornoconto erotico nora cortando gramaver videos de modelas a lerem contos de natal com o vibrador emcima da vaginaMACIEIRA SEXO PORNOo meu padrato meteume o caralho na maoporno os pelinhos ralinhos da netinhavideo porno de picudo gozando na buceta de obeza e deixando a porra escorertransei com meu sobrinho e ele gozou denteoxvideos maromba rebolando no pau bunda grande durinha14aninhos xotas lizinhaencoxoando a cega contos eroticosme comeram eu dormindo. contos erroticos gayconto comendo cu na marra da santistafilme porno no iotube com mae e filia transando junto gratisse voce me desse essa buceta iamos nos divertir muito xvideosquero os melhores contos eróticos de enteadas brigonas com fotosarrumando o chuveiroda gostosafotos reais de mulheres evangelicas com calca enfiadana bundaconto erotico subnissa cunhadocunhada gostosa arretando o cunhadocontos eroticos coroa casada rica leva de presente para sua amiga coroa casada um pau enorme de borrachacontos eiroticos leilapornfilha pede para o pai soca a pica uma cenora junto no cuvideos porno pau gigante.na.bucetinha apertada deu emoragiamulher branca nua com marquinha e boboletinha na bundacontos eroticos su muiro pausudo minha esposa esta com a boceta froxa